Doria decreta mais uma rodada de desapropriações para implantação do monotrilho da Linha 15 Prata, agora para a expansão Vila Prudente-Ipiranga

Projeto da futura estação Ipiranga da Linha 15-Prata (GPO Group)

Nessa terça-feira (31), governador declarou de utilidade pública cerca de 21 mil metros quadrados para implantação de trecho do monotrilho entre estações Jardim Colonial e Jacu-Pêssego

ALEXANDRE PELEGI

O governador João Doria decretou de utilidade pública, para fins de desapropriação, novos imóveis localizados na capital necessários à implantação do sistema monotrilho da Linha 15 Prata.

Desta vez, os espaços estão entre as estações Vila Prudente e Ipiranga, situados em seis terrenos, que somam área de 30.861 metros quadrados.

O Decreto do governador está publicado no Diário Oficial desta quarta-feira, 1º de setembro de 2021.

Como mostrou o Diário do Transporte, nessa terça-feira, 31 de agosto, Doria publicou decreto iniciando o processo de desapropriação de 21 mil metros quadrados para a implantação de elevado do monotrilho da Linha 15 Prata entre as estações Jardim Colonial e Jacu-Pêssego. Relembre:

Doria inicia desapropriação de imóveis para implantação de novo trecho do monotrilho da Linha 15 Prata entre estações Jardim Colonial e Jacu-Pêssego

Com as desapropriações iniciadas com o decreto publicado hoje, o objetivo é levar o monotrilho ao bairro do Ipiranga, conectando o sistema à linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra). Relembre:

Para esta integração ocorrer, será construída do zero uma nova estação que dará lugar à existente no local, seguindo o exemplo da estação Tamanduateí também da 10-Turquresa que foi concebida em um projeto unificado e recebe os trens da CPTM e a linha 2 do Metrô.

A contratação das obras para o trecho Vila Prudente-Ipiranga da Linha 15-Prata está prevista para 2022 conforme publicado no documento oficial da estatal “Relatório Integrado – Metrô de São Paulo – 2020”. A estimativa é que a extensão Vila Prudente-Ipiranga seja entregue em 2024.


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Nilton Batista disse:

    Vai ser impossível concluir essa obra porque será necessário mudar toda a rede de alta tensão que abastece a Mooca no cruzamento da rua Dianopolis X Av. Luis Ignacio de Anhaia Melo. Tolo quem acredita nesse governador maluco!

  2. JERSON Pereira disse:

    Parabéns João Doria
    Está certíssimo
    O bem comum da população
    Está acima de tudo

Deixe uma resposta