Sistema de ônibus de São Paulo terá ações de conscientização pelo Dia do Pedestre

Apresentações vão ocorrer em terminais; Numa delas, serão explicados “pontos cegos” dos ônibus

ADAMO BAZANI

Terminais de ônibus da capital paulista recebem a partir desta sexta-feira, 06 de agosto de 2021, uma série de ações de conscientização em alusão ao Dia Mundial do Pedestre, que é celebrado no domingo, 08 de agosto.

As ações são de responsabilidade das equipes técnicas e de comunicação da SPTrans (São Paulo Transporte), gerenciadora do sistema de ônibus, que também vai usar as redes sociais oficiais que terá diversos informativos sobre como deve ser o comportamento das pessoas no trânsito para a redução dos riscos e acidentes

Já nesta sexta-feira (06), os terminais Pq. Dom Pedro II (centro) e Campo Limpo (zona Sul) recebem apresentações teatrais. Três atores, da Cia. Sopa de Comédias, vão abordar de forma lúdica e interativa os usuários para orientar sobre cuidados, como, por exemplo, fazer travessia com segurança e o respeito à sinalização viária.

Na segunda-feira, 09 de agosto de 2021, o tema das apresentações será o chamado “ponto cego dos ônibus”.

Veículos grandes e pesados, como ônibus e caminhões, por mais que tenham um bom sistema de retrovisores, possuem áreas ao longo da carroceria que podem não ser vistas integralmente pelo motorista.

Em São Paulo, os ônibus municipais possuem adesivos na lataria que indicam onde são indicados estes “pontos cegos”.

Nestes mesmos terminais, haverá explicações sobre este tema das 10h30 às 12h30 e das 15h às 17h, mesmo horário das intervenções teatrais desta sexta-feira.

Outros 20 terminais municipais receberão faixas com mensagem de segurança aos pedestres e motoristas. São eles: A.E. Carvalho, Aricanduva, Carrão, Cidade Tiradentes, Pq. Dom Pedro II, Mercado, Penha, Sacomã, João Dias, Varginha, Guarapiranga, Capelinha, Santo Amaro, Grajaú, Jardim Ângela, Parelheiros, Campo Limpo, Pirituba, Vila Nova Cachoeirinha e Lapa.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta