Santo André (SP) capacita professores das redes pública e privada com programa de Educação Viária

Ação intersecretarial da Prefeitura é realizada em parceria com a Fundação Mapfre. Foto: Helber Aggio / PSA.

Treinamento será a distância e profissionais poderão apresentar projeto para concorrer a prêmio de destaque nacional

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Santo André, no ABC Paulista, vai capacitar aproximadamente 150 professores das redes municipal e privada de ensino dentro do programa “Educação Viária é Vital”. O objetivo da iniciativa, segundo a administração municipal, é disseminar o conhecimento sobre o tema na sala de aula.

O treinamento será realizado por meio da Escola de Ouro Andreense e das Secretarias de Mobilidade Urbana e Educação, em parceria com a Fundação Mapfre, instituição que tem por objetivo contribuir com a formação do cidadão e disseminar valores e cultura para a comunidade.

De acordo com a Prefeitura, a capacitação será realizada totalmente em ambiente EAD (Ensino a Distância), por meio do aplicativo Zoom, durante o mês de agosto.

PRÊMIO NACIONAL

O treinamento será realizado em duas fases. Na primeira, serão abordados temas relacionados à segurança viária, pedagogia de projetos e desenvolvimento sustentável.

Na segunda fase, as unidades escolares e seus professores serão convidados a apresentar um projeto e podem concorrer ao prêmio destaque nacional, que vai presentear a escola com um kit multimídia.

FORMAÇÃO

De acordo com a Fundação Mapfre, o programa já capacitou mais de 3.350 educadores, em mais de 800 escolas, beneficiando mais de 100 mil alunos.

De acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas), em 2014, 87,5% dos brasileiros moravam em cidades e, em 2030, a estimativa é que 91% da população viva em áreas urbanas.

“Esta crescente urbanização, muitas vezes realizada sem o planejamento necessário, compromete a qualidade de vida das pessoas, que passam a conviver com o aumento da poluição de rios, solo e ar, violência urbana, e, sinistros de trânsito. Neste cenário, a Mobilidade Sustentável, abordada dentro do programa Educação Viária é Vital, se insere no processo educativo das futuras gerações, contribuindo para a formação de cidadãos conscientes e ativos”, ressaltou a Prefeitura, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta