Ramal de Santa Cruz funciona com maiores intervalos devido à queda de árvore

Todos os trens aumentaram o tempo de viagem

WILLIAN MOREIRA

Passageiros que utilizam os trens da Super Via no Ramal de Santa Cruz, Rio de Janeiro, enfrentam problemas no atendimento desde às 7h40 desta terça-feira, 27 de julho de 2021.

Segundo a concessionária, todo o ramal é afetado por uma queda de árvore nas proximidades da estação Tancredo Neves.

Por este motivo, todos os trens tem um tempo de viagem maior, em paralelo ao trabalho dos técnicos da empresa que estão atuando para normalizar o atendimento.

A Agetransp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro) informou, por meio de nota, que foi aberta uma investigação para apurar os problemas causados pela queda da árvore.

“A Agetransp abriu investigação para apurar o atendimento aos clientes do ramal de Sana Cruz, na manhã desta terça-feira. Em razão de uma árvore na via, a circulação está impedida a partir da Estação Tancredo Neves.

Os trens circulam entre as Estações Santa Cruz e Tancredo Neves por apenas uma via, o que provoca irregularidades nos intervalos.”

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta