Operação da ANTT no Triângulo Mineiro tem cinco ônibus apreendidos por transporte irregular

De 05 a 08 de julho equipe de fiscalização da Agência atuou em Uberaba, Araxá e Uberlândia

ALEXANDRE PELEGI

A equipe de fiscalização da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT fez nesta semana mais uma operação de combate ao transporte clandestino de passageiros.

Dos dias 05 a 08 de julho de 2021, os fiscais da ANTT estiveram em ação na região do Triângulo Mineiro, nas cidades de Uberaba, Araxá e Uberlândia.

O balanço final do trabalho teve como resultado a apreensão de cinco veículos apreendidos por estarem realizando serviço não autorizado, conforme especifica a Resolução nº 4.287/2014.

Estes ônibus faziam os seguintes roteiros:

– Picos-PI/São Paulo-SP

– Milagres-BA/Ribeirão Preto-SP

– São Paulo-SP/São Luis-MA

– São Paulo-SP/Maceió-AL

– Pirajuba-MG/Arapiraca-AL

Além disso, outro veículo foi retido por estar com três pneus carecas, sem condições de uso, e ainda sem extintor de incêndio. O coletivo foi liberado após corrigir as irregularidades.

Na ação, 140 passageiros foram impactados. Após serem desembarcados, todos foram transferidos para ônibus do transporte regular e puderam seguir viagem.

Na operação os agentes da ANTT constataram outras irregularidades nos veículos, como defeitos em equipamentos obrigatórios, ausência de seguro obrigatório, problemas na identificação de passageiros, transporte irregular de bagagens e transporte de produtos perigosos.

Em comunicado, a ANTT alerta os riscos que envolvem uma viagem em um transporte clandestino passageiros, “seja pela precariedade dos veículos utilizados nesse transporte, como pelo aumento no risco de contágio pela COVID-19, pois em regra, nesse tipo de transporte não são seguidas as medidas e orientações sanitárias previstas”.

Para informações sobre a legalidade da viagem e/ou denúncias de transporte clandestino, a Agência disponibiliza seus canais de Ouvidoria, podendo ser através do Whatsapp (61) 99688-4306 ou telefone 166 (24 horas) ou ainda pelo email: ouvidoria@antt.gov.br.

IMAGENS DA OPERAÇÃO ENVIADAS PELA ANTT:


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Antonio disse:

    Porque a Naty faz vistoria no grande abc pois tem muito s ônibus irregular ok grande abraço

Deixe uma resposta