Em Itanhaém (SP), motoristas da Fênix consegue 7,59% de reajuste nos salários

Negociação foi feita por meio do sindicato. Foto: Divulgação.

Trabalhadores do setor de fretamento e da empresa Otrantur, de São Vicente, aprovaram o mesmo reajuste na última semana

JESSICA MARQUES

Os motoristas de ônibus da empresa Fênix, que opera no transporte coletivo de Itanhaém, no Litoral Paulista, aprovaram um reajuste de 7,59% nos salários e 11% nos benefícios. O acordo foi divulgado pelo Sindrod (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Santos e Região).

A aprovação foi feita por meio de assembleia dos trabalhadores, após proposta da empresa.

Além disso, o sindicato informou ainda que na última quinta-feira (1º), também com data-base em maio, os trabalhadores do setor de fretamento e da empresa Otrantur, de São Vicente, aprovaram o mesmo reajuste.

No fretamento e na Otrantur, o reajuste no vale-refeição e cesta-básica é de 11,11%.

Por sua vez, em junho,  os profissionais da empresa City Intermodal, que opera o transporte coletivo de passageiros no Guarujá, também conquistaram reajuste salarial de 7,59% e 11% nos benefícios.

GREVE

Entretanto, os motoristas e demais trabalhadores da Piracicabana, que opera linhas municipais e intermunicipais em Santos e outras cidades da baixada e litoral, estão em estado de greve.

O sindicato busca negociar com a empresa pelo menos 7,59% nos salários. A categoria também pleiteia 11% no vale-refeição e na cesta-básica.

“Se a empresa apresentar essa proposta, estarão automaticamente encerradas as negociações e a campanha salarial. Se ela propuser índices inferiores, a categoria poderá paralisar os serviços em breve”, afirmou o vice-presidente do Sindrod, José Alberto Torres Simões “Betinho”.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. José disse:

    Negociar com o grupo comport?
    Esquece
    Só vão ter o que eles quiserem dar.
    E ponto final

Deixe uma resposta