Radial Transporte coleta mais de uma tonelada de alimentos para a Central Única das Favelas (CUFA)

Doações serão destinadas a comunidades do Alto Tietê, na Grande São Paulo, área de atuação da empresa

ADAMO BAZANI

A empresa de ônibus Radial Transporte, que atua em linhas urbanas e metropolitanas na região do Alto Tietê, na Grande São Paulo, informou nesta quinta-feira, 17 de junho de 2021, que juntamente com a Central Única das Favelas (CUFA) arrecadou mais de uma tonelada de alimentos para ajudar as famílias prejudicadas pela pandemia do novo coronavírus.

A arrecadação começou em 26 de maio de 2021 e teve a participação de motoristas, cobradores, fiscais, demais funcionários da empresa e passageiros que dependem do transporte coletivo das cidades de Suzano, Ferraz de Vasconcelos e Poá.

Chamada de Campanha “Radial Solidária – Movimento contra Fome”, a ação teve divulgação em cartazes e redes sociais para conscientizar a população sobre a importância de garantir alimentação básica para quem mais precisa.

Segundo a empresa, em nota, os interessados em participar deixaram alimentos não-perecíveis, como sal, macarrão, feijão, arroz, café, fubá, açúcar, polvilho, farinha de trigo, em recipientes de recolhimento espalhados dentro dos ônibus das principais linhas municipais que atendem o Alto Tietê, nos terminais rodoviários e nas garagens da Radial.

Os alimentos foram encaminhados ao Centro de Distribuição Familiar (CDD) em Ferraz de Vasconcelos para serem distribuídos para as comunidades mais carentes.

Na mesma nota, a coordenadora de Recursos Humanos da empresa, Júlia Pereira, disse que como operadora de transportes, a companhia de ônibus está próxima no dia a dia das pessoas, sendo possível até mesmo testemunhar a situação de quem foi impactado pela pandemia, em especial, quem vive em comunidades carentes.

“Esta é uma ação muito bonita e importante, e sabemos que mesmo um pequeno gesto é suficiente para encher o prato de uma criança carente. A pandemia impactou de maneira negativa muito setores da sociedade, inclusive o nosso. Porém, nós continuamos ao lado das pessoas que dependiam do transporte coletivo para chegar aos seus empregos. Muitas atividades, mesmo durante a pandemia, não pararam por completo”.

Com o fechamento dos comércios em diferentes momentos da pandemia em uma tentativa de não sobrecarregar o Sistema Único de Saúde e impedir a disseminação do COVID-19, muitos dos trabalhadores acabaram sem emprego e, consequentemente, sem renda para alimentar a própria família.

“Em respeito à população, nós continuamos operando, seguindo todos os protocolos de segurança, higienizando os ônibus com produtos de limpeza industrial, distribuindo máscaras para impedir a disseminação do vírus e proteger a saúde dos passageiros. Estamos mobilizando nossas forças para ajudar ainda mais quem precisa”, concluiu Julia, segundo a nota.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Que legal! Uma tonelada ! Agora só falta a Radial colocar mais onibus nas linhas de Suzano. A CUFA e a população vai agradecer bastante …

Deixe uma resposta