Governo de São Paulo anuncia que Rio Grande da Serra terá nova estação da CPTM e terminal de ônibus

Carla Morando, Claudinho da Geladeira e Rodrigo Garcia se cumprimentam em anúncio

Segundo vice-governador, Rodrigo Garcia, será buscado projeto executivo para licitação obras

ADAMO BAZANI

O governo de São Paulo anunciou nesta quinta-feira, 17 de junho de 2021, que a cidade de Rio Grande da Serra, no ABC Paulista, terá uma nova estação da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

Em reunião com o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, com a deputada estadual Carla Morando e com o prefeito de Rio Grande da Serra, Claudio Manoel Melo (Claudinho da Geladeira), o vice-governador, Rodrigo Garcia, disse que o Estado vai licitar o projeto executivo para depois abrir uma concorrência para as obras.

“Nós vamos buscar um projeto executivo para esta nova estação e, assim que ele tiver pronto, o secretário Baldy está autorizado a licitar pela CPTM essa obra que vai mudar a história de Rio Grande”  – disse

Não foram anunciados, entretanto, prazos para a entrega da estação que integra a linha 10-Turquesa.

Garcia disse que a estação terá interligação com um terminal de ônibus que será construído no âmbito do projeto.

“A atual passagem de nível atrapalha muito a cidade e essa notícia agora de que o governo vai fazer essa mudança é um alívio muito grande. Há 57 anos sonha com esse projeto” – disse a deputada Carla Morando.

A estimativa inicial é que a obra custe em torno de R$ 47 milhões.

Em 11 de fevereiro de 2021, o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, visitou a cidade e, na ocasião, prometeu a retomada e a conclusão das obras do terminal de ônibus de Rio Grande da Serra e o fim das cancelas de passagem de nível da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

Segundo Baldy, na nota, o terminal vai contar com recursos do Estado e será finalizado ainda na gestão.

“O terminal tem recursos do Governo do Estado, vamos retomar e concluir. Mais de 80% dos moradores utilizam transporte público. É muito importante que a gente solucione a questão e acabe com as cancelas que prejudicam tanto o município. Vamos resolver tudo com a parceria da prefeitura, da deputada Carla e a orientação do governador João Doria”,

De acordo com a deputada, as obras estavam paralisadas.

Rio Grande da Serra é servida pelas linhas municipais operadas pela Viação Talismã e intermunicipais da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) prestadas pelas empresas Rigras (pertencente à Suzantur) e Viação Ribeirão Pires (Grupo Baltazar José de Sousa).

A estrutura deve ligar os dois lados de Rio Grande da Serra e permitir a integração destas linhas de ônibus com a linha 10-Turquesa da CPTM.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/02/11/baldy-promete-conclusao-do-novo-terminal-de-onibus-de-rio-grande-da-serra-e-fim-das-cancelas-da-cptm/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Danilo Meira disse:

    Bem, deve ser a quinta ou sexta vez que esse projeto é oficializado. Vejamos se agora vai

  2. Maurício Pereira Costa disse:

    Enquanto isso em SBC…

Deixe uma resposta para Maurício Pereira Costa Cancelar resposta