Doria publica decreto com extensão da quarentena até 30 de junho

Uso de Máscara continua obrigatório no Transporte Público

Atuais regras permanecem e uso de máscara continua obrigatório, mesmo para vacinados e quem foi infectado; Não há restrição para transporte coletivo, mas cidades podem tomar medidas próprias

ADAMO BAZANI

O governador de São Paulo, João Doria, publicou neste sábado, 12 de junho de 2021, decreto 65.792 que prorroga para o dia 30 de junho a medida de quarentena para o Estado.

O anúncio havia sido feito na quarta-feira, 09 de junho, mas era necessária a publicação oficial, o que ocorreu neste sábado (12).

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/06/09/doria-prorroga-ate-30-de-junho-de-2021-fase-de-transicao-do-plano-sao-paulo-de-quarentena-contra-covid-19/

As medidas de restrição que estão sendo adotadas nesta fase de transição do Plano São Paulo contra a covid-19 continuam.

Também é mantida a obrigatoriedade do uso de máscara em locais públicos e de uso coletivo, como lojas, vias públicas, igrejas, ônibus, trens, etc.

O uso deve ser feito inclusive por quem está vacinado ou já foi infectado pela covid-19.

TRANSPORTES COLETIVOS:

O Plano São Paulo não traz nenhuma limitação aos transportes coletivos, mas as cidades têm autonomia para restringir a lotação e os horários dos ônibus.

O Estado apenas recomenda (e não obriga) o escalonamento de horários de trabalhadores para evitar excesso de lotação dos ônibus, trólebus, VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), monotrilho, trens e metrô.

ATIVIDADES COMERCIAIS

Atendimento presencial entre 6h e 21h permitido com 40% de ocupação

ATIVIDADES RELIGIOSAS

Atividades presenciais individuais e coletivas permitidas com 40% de ocupação

RESTAURANTES E SIMILARES:

Consumo local entre 6h e 21h com 40% de ocupação

SALÃO DE BELEZA E BARBEARIA:

Atendimento presencial entre 6h e 21h com 40% de ocupação

ATIVIDADES CULTURAIS:

Atendimento presencial entre 6h e 21h com 40% de ocupação

ACADEMIAS DE ESPORTE:

Atendimento presencial, durante 8 horas, entre 6h e 21h com 40% de ocupação

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta