Vans e ônibus escolares de Santo André terão de alternar ocupação de bancos e ser higienizados a cada viagem

Imagem somente ilustrativa

Alunos devem ser orientados a tocar em menos partes possíveis do veículo

ADAMO BAZANI

A prefeitura de Santo André, no ABC Paulista, publicou nesta sexta-feira, 11 de junho de 2021, resolução com uma série de regras para o transporte escolar para este momento da pandemia de covid-19.

As aulas estão voltando gradativamente na rede pública da cidade, ampliando de maneira gradual também a demanda pelas vans, micro-ônibus e ônibus escolares.

De acordo com a resolução da SA-Trans (Santo André Transportes), gerenciadora municipal, os estudantes devem dar o espaço de um assento entre um e outro, alternando os lugares, com um ocupado e outro livre, se possível.

Os estudantes devem ser orientados a tocar em menos partes possíveis dos veículos, como bancos, portas, janelas, etc.

Os ônibus e vans devem ser higienizados em cada viagem e os transportadores devem durante todo o trajeto e no embarque e desembarque, usar máscaras que sigam o guia da OMS (Organização Mundial da Saúde).

Os veículos de transporte escolar devem ter álcool em gel 70% disponível à vontade para os alunos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta