Manaus amanhece sem transporte público após ataques de bandidos

Escolas e serviços públicos estão sem funcionar após ações incendiárias lideradas por facção criminosa

ALEXANDRE PELEGI

Terminais de ônibus amanheceram sem passageiros na manhã desta segunda-feira, 7 de junho de 2021, em Manaus.

A informação do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram), divulgada neste domingo (06), é de que o transporte coletivo só voltará a operar à tarde na capital amazonense.

A cidade enfrenta uma onda de violência desde sábado (05), com ônibus depredados e incendiados por criminosos em protesto contra a morte de um líder do tráfico vinculado a uma facção criminosa.

Nesse domingo (06), o prefeito David Almeida se manifestou a respeito da situação de pânico vivida pela população: “É lamentável o que está acontecendo na cidade de Manaus. Muitas estruturas estão sendo atacadas. O Estado não pode recuar. O Estado tem que ser firme”.

O prefeito pediu ao Governo do estado do Amazonas que solicite junto ao governo federal a Garantia da Lei e da Ordem (GLO), que autoriza o uso das Forças Armadas.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta