Furto de cabos mais uma vez causa problemas na Supervia nesta sexta (04)

Intervalos irregulares resultaram em superlotação na manhã desta sexta-feira

Ramal Santa Cruz, interligado com o ramal Deodoro, opera com intervalos irregulares; Vandalismo contra transporte é tão grande que BRT precisou de programa especial com policiais e guardas civis

ADAMO BAZANI

Mais uma vez o passageiro da Supervia, no Rio de Janeiro, encontra dificuldades por causa de furto de cabos.

Nesta sexta-feira, 04 de junho de 2021, segundo a concessionária, o ramal Santa Cruz, interligado com o ramal Deodoro, opera com intervalos irregulares e os trens podem aguardar ordem de circulação para seguir viagem.

O crime prejudica o funcionamento do sistema de sinalização.

BRT PRECISOU DE POLICIAIS:

O vandalismo contra o transporte no Rio de Janeiro é tão grande que o sistema de BRTs (ônibus rápidos em corredores) precisou de um programa, anunciado pela prefeitura nesta semana, que conta com policiais e guardas civis fardados de folga atuando nas vias e estações.

São mais de 40 estações fechadas por furtos e depredações, além de ônibus danificados quase todos os dias.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/06/02/brt-rio-vai-contar-com-96-pms-e-30-guardas-municipais-e-paes-anuncia-retomada-das-obras-do-transbrasil-em-agosto/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Rodinei Campos da Silveira disse:

    Misericórdia!
    Como está caótica essa situação dos trens metropolitanos da Supervia no Rio!

Deixe uma resposta