SPTrans, EMTU, Metrô e CPTM terão frota de dia útil nesta quinta (03), Corpus Christi

Ônibus em São Paulo

Feriado foi antecipado para março na capital e em cidades da região metropolitana; De acordo com a STM, nas linhas 4-Amarela e 5-Lilás de metrô a operação será monitorada e ajustada de acordo com a demanda

ADAMO BAZANI

Os ônibus municipais da capital paulista, gerenciados pela SPTrans (São Paulo Transporte), os metropolitanos na Grande São Paulo gerenciados pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), as linhas 1,2 e 3 do Metrô, a linha 15 do monotrilho e as linhas da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) vão operar com os mesmos horários atuais de dias úteis nesta quinta-feira, 03 de junho de 2021, celebração de Corpus Christi.

A informação é das secretarias que cuidam dos transportes na cidade de São Paulo e no Estado.

O feriado de Corpus Christi foi antecipado na capital paulista e em algumas cidades da região metropolitana para 26 de março de 2021 como tentativa de impedir o crescimento de uma onda de covid-19 na ocasião.

No caso do sistema de trilhos, a STM (Secretaria dos Transportes Metropolitanos), informou que nas linhas 4-Amarela e 5-Lilás de metrô a operação será monitorada e ajustada de acordo com a demanda.

Já a SPTrans informou que os postos de atendimento aos usuários Comum, Vale-Transporte, Estudante e Professor localizados nos terminais de ônibus, estações de transferência, Metrô Jabaquara, Santana e loja Augusta  funcionarão normalmente, em razão da antecipação da comemoração na capital.

Mesmo nos horários em que os postos estão fechados, a compra de créditos pode ser feita via aplicativo, máquinas de autoatendimento,  rede credenciada, Lotéricas e Banco do Brasil. Os horários de funcionamento podem ser consultados no site da SPTrans (www.sptrans.com.br)

Veja abaixo as informações de cada sistema:

SPTrans

A Prefeitura de São Paulo, por meio da SPTrans, informa que a frota de ônibus das linhas municipais da cidade de São Paulo será a dos dias úteis no dia 3 de junho, em razão da antecipação do Dia de Corpus Christi, sendo mantida acima da demanda apresentada desde o início da pandemia, em março de 2020. No momento, a frota do sistema de transportes está em 93,41% nos bairros mais afastados do centro e em 88,28% em toda a cidade, para atender uma demanda de 57% em relação a um dia útil antes da pandemia.

CPTM – As sete linhas da CPTM vão trabalhar com intervalos de dias úteis quinta e sexta-feira.

EMTU – Nesta quinta-feira e sexta-feira, as linhas intermunicipais da EMTU vão circular com escala horária de dia útil. A operação seguirá normal também nos demais dias do feriado prolongado, respeitando a tabela horária correspondente ao sábado e ao domingo também. Confira horários e itinerários no site www.emtu.sp.gov.br

Metrô – As linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata do Metrô também vão manter a circulação dos trens como em dia útil.

Nas linhas 4-Amarela e 5-Lilás, operadas pela ViaQuatro e ViaMobilidade, respectivamente, a demanda será avaliada ininterruptamente ao longo de todo o período e as equipes estão preparadas para disponibilizar mais trens nas linhas, de acordo com a demanda.

Bicicletas – Nesta quinta e sexta-feira, os passageiros podem embarcar com suas bicicletas no Metrô das 10h às 15h e das 21h até o final da operação, pois o Metrô irá operar como um dia de semana. Já na CPTM o acesso é permitido das 10h às 16h e após as 21h. Na ViaQuatro e na ViaMobilidade, os passageiros poderão, na quinta-feira embarcar a qualquer momento, pois as empresas vão operar como feriado.

RODÍZIO:

O rodízio municipal de veículos noturno para carros de passeio, das 21h às 05h, continua vigorando neste Corpus Christi de 2021.

Assim, de acordo com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfefgo), entre a noite desta quarta-feira, 02 de junho de 2021, e a madrugada desta quarta-feira, 03 de junho de 2021, ficam impedidos de circular pelo centro expandido da cidade de São Paulo carros com placas de finais 5 e 6.

Também não vão poder circular entre 21h e 05h, de quinta-feira, 03 de junho de 2021 para sexta-feira, 04 de junho de 2021, os veículos de passeio com placas de finais 7 e 8.

O rodízio noturno foi instituído para acompanhar o toque de recolher determinado pelo Governo de São Paulo e para permitir os deslocamentos de carros nos horários de pico e, assim, tentar reduzir o excesso de lotação nos ônibus, trólebus, trens, metrôs e monotrilho.

SÓ PARA CARROS:

O motorista deve estar atento porque o rodízio municipal de veículos na parte da noite/madrugada só vale para carros e segue o mesmo esquema de dias de acordo com o final da placa.

Final de placa – dia da semana

1 e 2 – das 21h de segunda-feira às 5h de terça

3 e 4 – das 21h de terça-feira às 5h de quarta

5 e 6 – das 21h de quarta-feira às 5h de quinta

7 e 8 – das 21h de quinta-feira às 5h de sexta

9 e 0 – das 21h de sexta-feira às 5h de sábado

Assim, segue suspenso o funcionamento do rodízio para carros em seu horário tradicional: das 7h às 10h e das 17h às 20h.

ÁREA DE RESTRIÇÃO:

Durante o rodízio, os veículos ficam impedidos de circular no Centro Expandido, incluindo as vias que delimitam o chamado Mini Anel Viário, formado pelas marginais Tietê e Pinheiros, avenidas dos Bandeirantes e Afonso D’Escragnolle Taunay, Complexo Viário Maria Maluf, avenidas Tancredo Neves e Juntas Provisórias, Viaduto Grande São Paulo e avenidas Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf.

MULTA E PONTOS:

Transitar em locais e horários não permitidos pela regulamentação prevista no Código de Trânsito Brasileiro implica em infração de trânsito de nível médio, resultando em multa no valor de R$ 130,16 e acréscimo de quatro pontos no prontuário do motorista.

ZONA AZUL:

As regras da Zona Azul continuam normalmente, com o motorista devendo seguir a sinalização de cada local.

CAMINHÕES:

Para os caminhões, é mantido o horário normal do rodízio das 7h às 10h e das 17h às 20h e o esquema de placas de acordo com o dia é o mesmo.

A Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) também é mantida.

ÔNIBUS E VANS DE FRETAMENTO:

De acordo com a CET, a Zona de Máxima Restrição aos Fretados (ZMRF) também não terá alterações, sendo mantidos os limites de circulação para ônibus e vans de fretamento.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta