Santos (SP) terá barreira sanitária no feriado

Veículos de passeio receberão orientação e os ocupantes terão suas temperaturas aferidas. Foto: Marcelo Martins / Divulgação.

Prefeitura vai impedir entrada de vans, micro-ônibus e ônibus de turismo

JESSICA MARQUES

A cidade de Santos, no Litoral Paulista, terá barreira sanitária neste feriado prolongado de Corpus Christi, que começa na quinta-feira, 03 de junho de 2021.

Segundo a Prefeitura, a barreira sanitária será montada na entrada da cidade, no bairro Saboó, e funcionará de quinta-feira (03) até sábado, das 3h às 15h, e no domingo (04), das 3h às 11h, em uma ação feita pela GCM, em parceria com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e o apoio da Polícia Militar.

O objetivo da barreira é frear a vinda de pessoas de fora da região, devido à pandemia de covid-19. A Prefeitura informou que vai impedir a entrada de vans, micro-ônibus e ônibus de turismo. Os veículos de passeio receberão orientação e os ocupantes terão suas temperaturas aferidas.

Contudo, as praias continuam abertas apenas para a prática de atividades físicas individuais e também terão fiscalização da GCM.

“Sugerimos que as pessoas procurem horários alternativos e não se aglomerem. É importante a conscientização e a participação das pessoas neste momento de uma iminente chegada de uma terceira onda de contaminação da covid-19. Precisamos que sigam as regras e usem máscaras”, disse o prefeito Rogério Santos, em nota.

O prefeito afirmou ainda que o objetivo é conter o chamado “turismo de um dia”. Além disso, o comércio também será fiscalizado e o desrespeito dos comerciantes poderá ocasionar até o fechamento e o embargo do estabelecimento.

“Será uma fiscalização ainda mais dura e que teve a adesão dos comerciantes. Aqueles que respeitam não podem ser prejudicados pelos que são irresponsáveis e acabam colocando em risco não apenas a saúde de todos, mas também a nossa economia”, disse o prefeito

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta