Transporte coletivo continua suspenso no bairro Fazenda Coutos, em Salvador (BA)

Interrupção teve início nesta segunda (31), após ataque a ônibus. Foto: Reprodução.

Suspensão dos ônibus no local aconteceu após outros veículos serem incendiados; no bairro de Paripe, operação já foi normalizada

WILLIAN MOREIRA

Moradores do bairro Fazenda Coutos na capital baiana, Salvador, estão há dois dias sem o atendimento pelo transporte coletivo municipal, interrompido nesta segunda-feira, 31 de maio de 2021, depois que dois ônibus foram queimados em ações criminosas.

Mesmo com o policiamento reforçado, o receio de novos ataques motivaram os trabalhadores do setor não retomar a circulação dos coletivos na região.

No bairro de Paripe, no subúrbio, a operação foi normalizada na tarde desta terça (1º), após a Polícia prender um dos suspeitos de atear fogo em um dos ônibus alvo dos ataques. O homem já era procurado pela Justiça.

O crime foi cometido logo após o meio-dia, nesta segunda, momento em que a Polícia Militar recebeu chamados no telefone de emergência com relatos de ações de vandalismo.

Relembre:

Ônibus incendiados em Salvador paralisam transporte em dois bairros da capital

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta