Salvador e Maceió vacinam metroferroviários contra covid-19

Imunização teve início na última semana em ambos os municípios. Foto: Divulgação.

Porto Alegre e São Paulo foram as primeiras capitais brasileiras a imunizar trabalhadores do setor

JESSICA MARQUES

As cidades de Salvador e Maceió iniciaram na última semana a vacinação contra covid-19 dos profissionais do setor de transporte de passageiros sobre trilhos. Porto Alegre e São Paulo foram as primeiras capitais brasileiras a imunizar trabalhadores do setor.

Apesar de o transporte ser um serviço essencial, os profissionais do setor foram incluídos na lista prioritária da vacinação nacional, mas cabe aos estados e municípios determinar o período de imunização de cada categoria.

Os detalhes sobre a vacinação dos trabalhadores foi divulgado pela ANPTrilhos (Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos) nesta segunda-feira, 24 de maio de 2021.

A Prefeitura de Salvador incluiu na vacinação todos os profissionais do setor metroferroviário e a imunização iniciou no dia 19 de maio. Neste caso, a CCR Metrô Bahia, responsável pela operação do metrô da capital baiana, está incentivando os seus funcionários a se vacinarem e diversos deles tomaram a primeira da dose nos primeiros dias da campanha e exibiram com emoção e orgulho os comprovantes de vacinação.

Por sua vez, em Maceió, a Prefeitura iniciou a vacinação do setor metroferroviário no dia 17 de maio e os funcionários da CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos) já estão se dirigindo aos postos de imunização.

“A vacinação é muito importante e é fundamental que os profissionais que estão atuando no atendimento à população sejam imunizados. A vacina já chegou para os profissionais do setor metroferroviário de Porto Alegre, São Paulo, Salvador e Maceió e o setor agradece a sensibilidade dos governantes em incluir os nossos profissionais na prioridade de imunização e espera que os demais Estados e Municípios tenham essa mesma sensibilidade e sigam esses exemplos para garantir a segurança dos profissionais que atendem diariamente a população brasileira no transporte público”, afirmou a diretora executiva da ANPTrilhos, Roberta Marchesi, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta