Maceió (AL) receberá propostas de modelos para abrigos de ônibus

Iniciativa busca padronizar paradas e abrigos de ônibus da capital. Foto: Arquivo / Secom Maceió.

Edital será lançado em junho, segundo a SMTT

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Maceió, em Alagoas, receberá propostas de modelos para abrigos de ônibus. As sugestões poderão ser encaminhadas para a SMTT (Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito).

O edital será lançado no próximo mês com instruções para a submissão. Segundo a SMTT, o objetivo é trazer a população para mais perto das decisões que são tomadas pelas equipes técnicas.

Com a ação, os equipamentos que compõem o termo de referência das estruturas do SIMM (Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió) serão padronizados. Também está prevista uma premiação para os melhores projetos. A iniciativa foi proposta pela comissão técnica de licitação.

Ainda segundo a Prefeitura, serão recebidos modelos propostos por estudantes e profissionais da arquitetura, em duas modalidades: climatizados e conceituais, pensados para locais específicos e com representatividade histórica.

Para o superintendente da SMTT, André Costa, é fundamental adequar as paradas e abrigos de ônibus às transformações e características da cidade. “Maceió conta com regiões bem diversificadas e os materiais de confecção desses equipamentos devem se adequar, a exemplo da orla marítima, que conta com a ação constante da maresia, onde já são utilizados equipamentos de madeira”, explicou.

ABRIGOS DE EUCALIPTO

Atualmente, Maceió conta com abrigos de eucalipto reflorestados e padrões (pequeno, médio e grande porte). Há ainda um modelo de contêineres já aprovado e pronto para ser confeccionado e implementado nas comunidades, após o procedimento licitatório.

“Os novos mobiliários urbanos serão implementados por toda a capital para proporcionar maior segurança e comodidade aos usuários do transporte público, enquanto aguardam para embarcar nos coletivos”, destacou a integrante da comissão técnica da licitação de abrigos e diretora do SIMM, Paula Isanelle.

Além das novas estruturas, a comissão avalia parâmetros para a confecção, instalação e manutenção dos abrigos.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. INFELIZMENTE aqui na cidade de Santo André, dois problemas: os antigos abrigos estão corroídos, outros nem mais tem cor azul, de tão sujo de fuligem, como ali na SANTOS DUMONT_direção Mauá, sem falar inclusive que muitos ainda tem panfletos irregulares, sem autorização da PMSA-SATrans que enfeiam o ponto..Segundo problema: os novos abrigos que incluem vidros já estão deteriorados, pichados, no centro da cidade, como constatei, o que nos envergonha pelo vandalismo, como caso da praça Embaixador Pedro de Toledo onde há intensa movimentação de passageiros,,

Deixe uma resposta