Integrações metropolitanas entre João Pessoa (PB) e cidades vizinhas serão suspensas na quarta (19), diz sindicato das empresas de ônibus

Integrações municipais continuam

Sintur-JP alega crise financeira para a medida

ADAMO BAZANI

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros no Município de João Pessoa (Sintur-JP) informou nesta segunda-feira, 17 de maio de 2021, que a partir de quarta-feira (19) vai suspender as integrações metropolitanas entre a capital e as cidades vizinhas.

No comunicado, as companhias de ônibus dizem que vão tomar a medida por causa da crise financeira que enfrentam, agravada pela queda de demanda provocada pela pandemia de covid-19.

“Comunicamos ao DER/PB sobre essa medida, que é temporária, para que possamos aprofundar estudos no sentido de retomar as integrações metropolitanas, uma vez que elas não possuem uma fonte de custeio própria, o que penaliza o passageiro pagante, pois aumenta o custo da tarifa aqui em João Pessoa”, diz nota da entidade, assinada pelo diretor Institucional do SINTUR-JP, Isaac Júnior Moreira.

Os empresários ainda reclamam que a tarifa está defasada há 16 meses e que querem buscar diálogo com o poder público.

Apenas serão suspensas as integrações da capital para as cidades da região metropolitana, como Bayeux, Cabedelo, Conde, Jacumã e Santa Rita, pelo Passe Legal.

As integrações municipais continuam.

A medida é unilateral das empresas.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta