Informações no aplicativo da EMTU de linhas que eram operadas pela Mobibrasil no ABC podem apresentar instabilidade até terça (18)

Ônibus da Viação ABC em linhas que eram operadas pela Mobibrasil

Serviços foram assumidos pela Next Mobilidade (Viação ABC); Sistema passa por atualizações, diz gerenciadora

ADAMO BAZANI

A EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) informou por meio de suas redes sociais neste sábado, 15 de maio de 2021, que as informações em tempo real sobre horários e localização das linhas que eram operadas pela Mobibrasil dentro do ABC e entre o ABC e a capital paulista “podem apresentar instabilidade até a próxima terça-feira (18), por conta de atualização no sistema”.

Como mostrou o Diário do Transporte, neste sábado a Next Mobilidade, por meio da Auto Viação ABC, passou a operar as linhas que até sexta-feira (14) eram prestadas pela Mobibrasil.

Os transportes na região do ABC passam por reformulação no âmbito da prorrogação do contrato em 25 anos de concessão do Corredor ABD da Metra, que integrará a Next Mobilidade.

A gestão do governador João Doria criou o SIT – ABC (Sistema Integrado de Transporte do ABC) e extinguiu a área 5 da EMTU, que nunca foi concedida apesar de seis tentativas de licitação.

Entre algumas das obrigações assumidas pelo grupo da Metra pelo contrato de R$ 22,6 bilhões estão:

– Criar uma SPE (Sociedade de Propósito Específico), que no caso é a ABC Sistemas de Transportes, cuja marca fantasia é Next Mobilidade,

– Construir e operar o BRT (Bus Rapid Transit), sistema de ônibus articulados elétricos, previsto para ligar São Bernardo do Campo, Santo André, São Caetano do Sul, Estação Tamanduateí (São Paulo) até o Terminal Sacomã (São Paulo);

– Operar as 85 linhas remanescentes da extinta área 5 da EMTU, hoje servidas por diversas empresas; processo que deve ocorrer gradativamente em 360 dias;

– Modernizar o Corredor ABD (de ônibus e trólebus)

Nesta sexta-feira (14), a diretora-executiva da Next Mobilidade, Milena Braga Romano, disse em entrevista exclusiva ao Diário do Transporte que uma das primeiras ações da SPE é a compra de 120 ônibus novos para a região com ar-condicionado para as linhas remanescentes (linhas comuns).

Em torno da metade dessa frota deve ser entregue no decorrer de junho de 2021.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/05/14/entrevista-next-mobilidade-sera-o-nome-da-concessionaria-do-corredor-abd-brt-abc-e-de-todas-as-linhas-metropolitanas-da-emtu-no-abc/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Flávio disse:

    Uma belezura seu Dória! Favorecendo os donos de empresa de transporte em quanto isso nada de metrô ou pelo menos trem em São Bernardo do Campo.

  2. Marcelo disse:

    Boa tarde! Tem que voltar a linha 044
    Itaim Bibi tiraram essa linha prejudicando todos nós usuários. Essa linha é muito importante pra todos nós moradores de Diadema.

  3. José Quentilhano da Costa disse:

    Esse ônibus quem que tá aqui na zona leste parque Dom Pedro Margarida cidade Kemel

  4. CarlosRogério disse:

    Renovação pelas coxas, mas e tenhos para hoje!

Deixe uma resposta para Marcelo Cancelar resposta