EMTU formaliza anuência prévia de incorporação da Litorânea pela Pássaro Marron

Ônibus da Litorânea operando em linha da EMTU no Vale do Paraíba. Foto: Marcelo Souza / Ônibus Brasil

Empresa Pássaro Marron, do mesmo grupo que detém a Litorânea, assumiu as operações no dia 1° de fevereiro de 2020

ALEXANDRE PELEGI

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo S.A. (EMTU/SP) considerou autorizada a incorporação societária da Empresa Litorânea Transportes Coletivos S/A pela Empresa de Ônibus Pássaro Marron S.A.

O despacho do secretário de Transportes Metropolitanos com data de 16 de abril saiu publicado na edição desta sexta-feira, 07 de maio de 2021, do Diário Oficial do Estado.


Em 29 de janeiro de 2020 a empresa Pássaro Marron, que é do mesmo grupo que detém a Litorânea, confirmou oficialmente que iria assumir as operações a partir do dia 1° de fevereiro de 2020.

O Diário do Transporte, em primeira mão, no mês de outubro de 2019, já havia noticiado o processo de incorporação. Na ocasião, o grupo demorou mais de uma semana para se pronunciar sobre a mudança.

Relembre matéria de 26 de outubro de 2019 do Diário do Transporte:

Pássaro Marron é autorizada a incorporar Litorânea. Grupo não se pronuncia há uma semana

 

De acordo com o site da companhia, a Litorânea foi fundada em 1935, sendo assim, uma das mais tracionais do setor rodoviário.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Igo da Silva santos disse:

    A Emtu Podia colocar um ônibus intermunicipal entre certo de Mogi até centro Bertioga

Deixe uma resposta