Eletromobilidade

Chicago testa seis ônibus elétricos com meta para frota verde integral em 2040

No momento, autoridade de transporte planeja ter 23 ônibus elétricos operando até o início de 2022. Frota da empresa é de mais de 1.800 veículos

ALEXANDRE PELEGI

A Autoridade de Transportes de Chicago (CTA – Chicago Transit Authority) testa seis ônibus elétricos tendo como meta a eletrificação da frota local.

Os veículos são da Proterra, e estão oficialmente nas ruas desde o início de abril de 2021, transportando passageiros entre o bairro de Austin e o Navy Pier na rota # 66.

Um porta-voz da CTA informou que se os ônibus tiverem bom desempenho nas ruas serão aprovados mais 17 veículos do mesmo tipo para uso em várias rotas.

O período de teste deve durar alguns meses, e o objetivo da Agência que gerencia o transporte público é ter todos os 23 ônibus elétricos operando até o início de 2022.

A decisão pela compra de ônibus elétricos ocorreu após a CTA testar veículos desse tipo em 2014. Foram dois ônibus que passaram no teste do clima e das temperaturas de Chicago.

A meta da CTA é que a frota de ônibus seja totalmente elétrica até 2040. Isso significa mais de 1.800 ônibus nas ruas da cidade.

O presidente da CTA, Dorval R. Carter Jr., afirmou em um comunicado à imprensa:

A introdução desses novos ônibus elétricos é apenas um exemplo de como o CTA está comprometido em adicionar mais veículos verdes, abordando as mudanças climáticas e sendo mais consciente com o meio ambiente”.

O contrato com a Proterra para o fornecimento dos 23 ônibus elétricos foi assinado pelo valor de cerca de 900 mil dólares cada.

Cinco estações de carregamento rápido foram instaladas em pontos diferentes para abastecer os ônibus. Os carregadores aéreos permitem que os veículos carreguem e possam continuar rodando.

A estimativa de autonomia com carga completa está entre 120 e 200 quilômetros.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta