Caio exporta para o Chile três unidades da nova geração do F2400 com chassis Mercedes-Bez

Produzido para atender as normas regulamentadoras do país, o F2400 tem embarque dianteiro e capacidade para acomodar 30 passageiros sentados

Veículos foram encarroçados sobre chassi LO-916/45

ALEXANDRE PELEGI

A fabricante de ônibus Caio acaba de comunicar a entrega de três unidades da nova geração do micro-ônibus F2400 para cliente do Chile.

Essas unidades foram encarroçadas sobre chassi Mercedes-Benz LO-916/45, com atributos inerentes às duas marcas, como robustez, eficiência operacional e ideal capacidade para o transporte de passageiros.

Esta é a encomenda da nova versão do modelo, destinada à exportação, para um país da América Latina, importante mercado da marca com presença global.

O veículo possui a tecnologia BlueTec 5, que reduz consideravelmente as emissões de poluentes, e além disso proporciona menor custo operacional, com redução no consumo de combustível e menor necessidade de revisão.

O F2400 passou por mudanças em seu design no segundo semestre de 2020 com alterações na dianteira, quando tornou-se conhecido como NewFace,.

O veículo traz visual geométrico, tendência nos veículos de passeio, com design sofisticado e moderno, com ângulos marcados e harmônicos.

A nova grade, com design exclusivo e fabricação própria, permite ampla área de visibilidade, proporcionada pelo para-brisa.

Outro destaque é a facilidade de acesso do motorista ao posto de comando e dos passageiros ao salão interno, proporcionada pela configuração do chassi e pelo design interno.

O F2400 NewFace da Caio foi desenvolvido para atender as necessidades de empresas do segmento e órgãos gestores, agregando alta performance, durabilidade, facilidade de manutenção e na troca de peças.

ESPECIFICAÇÕES DO MICRO-ÔNIBUS F2400 PRODUZIDO PARA O CHILE

Produzido para atender as normas regulamentadoras do país, o F2400 tem embarque dianteiro e capacidade para acomodar 30 passageiros sentados.

Produzido para aplicação rural, o veículo já está em atividade, e é utilizado para o transporte de passageiros de empresa privada na cidade portuária de Arica, norte do Chile, cuja economia é baseada na indústria e turismo.

As poltronas são no modelo rodoviário, totalmente estofadas, ergonômicas e com cinto de segurança. Contam ainda com porta pacotes, proporcionando conforto e praticidade durante todo o trajeto.

O salão interno traz iluminação em led e calefação, sistema de aquecimento necessário devido às características climáticas da região.

O F2400 é equipado com farol de neblina, e traz também conjunto óptico que possui componente com dupla função em LED, com DRL (farol de rodagem diurna) e seta.

MERCEDES CELEBRA EXPORTAÇÃO

Um país como o Chile demanda por produtos inovadores com o melhor custo benefício e conforto aos passageiros. Por meio da consultoria de ônibus Mercedes-Benz, entregamos a melhor solução de transporte urbano para cada região”, afirma Jens Burger, diretor geral do centro regional Daimler América Latina. “E é exatamente isso que estamos fazendo no Chile, onde precisamos nos reinventar, considerando a situação atual da pandemia. O nosso vizinho é um dos países mais desenvolvidos economicamente na América do Sul e também é um dos primeiros da região que está vislumbrando a reativação do mercado de ônibus local, o que reflete diretamente na demanda por veículos mais tecnológicos. Além disso, estamos reforçando uma parceria de mais de 60 anos da Mercedes-Benz com a Caio, levando soluções para as diversas necessidades dos nossos clientes”.

De acordo com Mauricio Yamamoto, gerente sênior do Centro Regional Latina Ônibus, o chassi Mercedes-Benz LO 916/45, com o motor OM 904 LA eletrônico Euro 5, assegura baixo consumo de combustível e economia operacional. “Além disso, com o freio a disco e Top Brake, o veículo garante maior potência na frenagem e fácil manutenção, além das opções da caixa de câmbio que podem ser automáticas ou manuais, conforme a necessidade do cliente”, comenta.

É importante ressaltar também que o LO 916/45 urbano tem outros diferenciais, como o tacógrafo eletrônico”, informa Jens. “Esse opcional é de grande importância para acompanhar a operação do veículo em tempo real. Dessa maneira, com base nas informações coletadas, os clientes podem agendar manutenções preventivas e avaliar dados de consumo e desempenho dos motoristas”.

Para a Mercedes-Benz, esta é uma grande oportunidade de fidelizar os clientes da marca na região Latina, em especial o Chile, que é um dos maiores mercados da Empresa para exportações de ônibus, oferecendo produtos que atendam suas necessidades com excelentes vantagens na relação custo x benefício, além de entregar mais conforto para os passageiros que dependem dos ônibus para se locomover todos os dias.

 

 

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta