Entra no terceiro dia paralisação de rodoviários de empresa de ônibus em São Luís (MA)

Viação Estrela não atendeu reivindicações da categoria e ainda contratou motoristas para circular com os ônibus que estão parados desde terça (13)

ALEXANDRE PELEGI

Entrou no terceiro dia nesta quinta-feira, 15 de abril de 2021, a greve de rodoviários da Viação Estrela, em São Luís (MA).

O impasse entre funcionários e a direção da Viação persiste, diante da reivindicação do pagamento dos salários atrasados, de horas extras e do vale-refeição.

Desde a última terça-feira (13), os trabalhadores estão de braços cruzados, reivindicando o pagamento de salários atrasados, horas extras e vale-refeição.

Nessa terça, o desembargador Gerson de Oliveira Costa Filho determinou a volta de 100% da frota da empresa não somente em São Luís, mas também em nas cidades de Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar.

Mesmo assim a paralisação continuou na capital maranhense.

O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Estado do Maranhão (Sttrema) acusa a Viação Estrela de ter contratado de forma temporária alguns motoristas para operar os ônibus parados.

A decisão da empresa revoltou a categoria, o que levou o Sindicato à porta da garagem da Viação Estrela nesta manhã para uma “ação de fiscalização”. A intenção é evitar que os  ônibus saiam às ruas sem cobradores, o que é proibido pela Convenção Coletiva.

A Viação Estrela atende a região Itaqui-Bacanga e polo Coroadinho. Região tem população que depende exclusivamente do transporte coletivo.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta