Caio é pioneira na implantação de inteligência artificial para o atendimento a colaboradores e familiares, na prevenção da Covid-19

Atendimento humanizado é complementado por plataforma que agiliza o acolhimento a profissionais com suspeita ou positivos para COVID-19.

Há mais de um ano, a Caio e empresas do Grupo vêm mantendo o compromisso de colaborar com a prevenção da COVID-19 na região de Botucatu, SP, por meio de procedimentos implantados desde o início da pandemia.

Uma das ações é a Central Covid do Grupo Caio, criada no início do segundo semestre de 2020. É uma linha exclusiva de auxílio aos colaboradores e familiares, por meio do WhatsApp. Todas as dúvidas e necessidades são respondidas por uma equipe interna capacitada de profissionais da área da saúde, que auxiliam quem entra em contato. “Entendemos que a pessoa com suspeita ou com Covid está fragilizada e precisa ser amparada. Por isso, nossa abordagem é feita de forma aproximativa, para que o colaborador sinta que não está sozinho e que pode contar conosco”, explicam os enfermeiros Mara Silva Godoi de Lima e Kennedy Paulo Soares Comim.

A grande novidade no serviço é a inclusão de uma plataforma para agilizar esse atendimento, com o uso de tecnologia de ponta, ação pioneira do Grupo, entre as empresas da região.

Alessandro Paschoal Francisco, Supervisor de Infraestrutura de TI do Grupo Caio, explica tecnicamente o funcionamento do sistema “Nossa equipe criou uma plataforma de atendimento automático por WhatsApp, dentro do ambiente de servidores da própria empresa, utilizando uma estrutura virtualizada com integração feita por tecnologias de aplicações integradas, garantindo a disponibilidade e monitoramento de recursos do sistema”.

Foi criado um avatar, o “CAIO” que tem reações humanizadas e sempre responde de forma simpática e com uma linguagem simples e informativa.

Na prática, o sistema é programado para responder de imediato as mensagens recebidas. Por meio de inteligência artificial, reconhece as palavras e busca em sua base de respostas pré-programadas, a que melhor se adequa à pergunta.

Todas as respostas foram desenvolvidas a partir de dados fornecidos pelos profissionais do Serviço Médico do Grupo Caio, que fazem o atendimento na Central Covid e acompanham os pacientes com suspeita ou que testaram positivo para o vírus.

A plataforma foi criada para otimizar o atendimento, diminuindo o tempo de resposta e facilitando a tomada de decisão pela equipe médica, já que a opção de conversar com um profissional da equipe continua ativa. “O objetivo principal é atender com agilidade às necessidades dos nossos profissionais. A preocupação também é filtrar o atendimento para questões que realmente precisam do suporte de um profissional, já que nossa equipe da área da saúde está trabalhando de forma intensa desde março de 2020. O atendimento continua humanizado e agora muito mais ágil”, afirma Silvânia Giandoni Coordenadora do Serviço Social e Benefícios do Grupo Caio Induscar.

O diretor industrial, Maurício Lourenço da Cunha, enfatiza a importância de mais essa ação “É um orgulho podermos proporcionar para nossos colaboradores e familiares esse tipo de atendimento, que acolhe e resolve com agilidade as suas necessidades. Continuaremos a acompanhar de perto cada caso, enviando materiais de apoio como o Kit Covid (com oxímetro e medidor de temperatura), vídeo com exercícios de respiração e e-book sobre alimentação. Nosso foco é cuidar”.

Sobre as ações do Grupo Caio durante a pandemia

Internamente são realizados comunicados, vídeos informativos, cartilhas, manuais, procedimentos internos, obrigatoriedade na utilização de máscara, distanciamento social, medidor de temperatura no acesso à empresa, higienizações nos ambientes, disponibilização de álcool 70º, entre outras. Mantém um Comitê Interno, responsável por aplicar todas as medidas e obrigatoriedades preconizadas pelos órgãos de saúde.

Para a comunidade foram realizadas diversas doações:

– 20 termômetros de testa (usado nos bloqueios montados pela Prefeitura);

– 300 máscaras N95 – para o HC de Botucatu;

– 15 mil máscaras de proteção – para a Prefeitura Municipal de Botucatu (doação para população);

– Macacões de proteção – Corpo de Bombeiros;

– Contratação de profissionais para apuração de testes – parceria Caio, Prefeitura e HC;

– Equipamento para agilizar testagem EXTRACTA96 – para o HC de Botucatu.

 

Outras informações sobre a Caio podem ser obtidas no site: http://www.caio.com.br, nas redes sociais @caioinduscaroficial e no LinkedIn Caio Induscar Oficial.

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta