Diário no Sul

Sapucaia do Sul (RS) assina novo contrato emergencial com a Expresso Charqueadas

Foto: Emerson Dorneles / Ônibus Brasil

Com tarifa sem reajuste (R$ 4,70), usuário tem agora integração temporal, com benefício de gratuidade em utilização de segunda linha em intervalo de uma hora

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura de Sapucaia do Sul (RS), na Região Metropolitana de Porto Alegre, publicou no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 07 de abril de 2021, o extrato do Contrato nº 51/2021 assinado com a Expresso Charqueadas Transportes.

Com data de assinatura de 18 de março de 2021, quando encerrou o contrato anterior, a prefeitura informa que neste novo contrato emergencial, válido por mais seis meses, as tarifas não sofrerão reajuste, continuando com o valor de R$ 4,70.

Este contrato foi necessário pois a prefeitura ainda não licitou o sistema de transporte. O certame, marcado para ocorrer no dia 29 de dezembro de 2020, foi suspenso pela prefeitura para análise de impugnação.

Como mostrou o Diário do Transporte, o valor de R$ 4,70 foi assumido pela Expresso Charqueadas quando passou a operar o transporte de Sapucaia do Sul no dia 19 de setembro de 2020. O contrato de autorização precária tinha validade de 180 dias, e foi assinado em 31 de agosto. Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2020/09/19/expresso-charqueadas-assume-os-transportes-em-sapucaia-do-sul-rs/

Neste novo contrato, a prefeitura informa que houve alterações que trouxeram “diversas inovações na operação”.

As inovações se referem a novas linhas e horários, além de novos terminais e à adoção da integração temporal, o que possibilitará que os usuários usem duas linhas pagando apenas uma passagem.

A adoção de um novo sistema de bilhetagem eletrônica permitirá o acompanhamento dos ônibus através do sistema de geolocalização. Com isso, como já ocorre em vários municípios, os horários atualizados e itinerários do transporte coletivo estarão disponíveis, em tempo real, no aplicativo.

MAIS LINHAS

A prefeitura informou que com o novo sistema de transporte público, as atuais 14 linhas ofertadas passarão para 19, o que representa aumento de 36% na oferta. “A grande novidade desse sistema é que a cidade será dividida em lado leste e lado oeste, ou seja, os ônibus circularão em cada lado do Trensurb”, estação do serviço de trens metropolitanos que atende a cidade.

Com esse aumento de linhas e sistema leste/oeste, a prefeitura afirma que as viagens deverão ficar mais curtas. “Os usuários que pegavam a linha Carioca – Novo Horizonte, por exemplo, iam até o Centro e no restante da linha era outro público, isso será corrigido. Uma pessoa que ia do Centro para o morro ficava quase 1 hora dentro do ônibus. Agora a previsão é chegar ao seu destino na metade do tempo”, afirma o Diretor de Trânsito, Samuel Silva.

INTEGRAÇÃO ENTRE LINHAS

A integração entre as linhas e a gratuidade por tempo determinado no uso de uma segunda linha garantirá ao usuário o benefício de uma hora de gratuidade se utilizar o transporte coletivo através dos cartões da bilhetagem eletrônica ou do APP (via cartão ou smarphone).

A novidade facilitará para quem precisa se deslocar nas regiões leste/oeste, agilizando a viagem e reduzindo custos, afirma a prefeitura de Sapucaia do Sul.

TERMINAIS:

Mais 7 terminais já facilitam o acesso do usuário, descentralizando o embarque aos ônibus e reduzindo as aglomerações.

Os terminais são:

CENTRO A – Av. Sapucaia, 2092 e 2022,

PRAÇA – Rua Rodrigues de Figueiredo, esq. Cel. Serafim Pereira,

CENTRO B (Av. Sapucaia, 2089),

SETE DE SETEMBRO (Rua Sete de Setembro, esquina Rua Otaviano Silveira),

HOSPITAL (Rua Alegrete, esquina Tv. Aliança),

HOSPITAL (Rua Pinheiro Machado, esquina Tv. Aliança),

LUIZ PASTEUR (Av. Luiz Pasteur, 1550)

Para ver o terminal de cada linha, acesse o link:

http://www.sapucaiadosul.rs.gov.br/wp-content/uploads/2021/03/TERMINAIS-DO-TRANSPORTE-COLETIVO.pdf?fbclid=IwAR0zcElhbCK5rExE0-b_IlWmc75Xrv_TDXe4k_cO8edO1cXXRii-pAD3k6o

CARTÃO DE BILHETAGEM

Podem ser usados os cartões TEU ou LEVIR, ou diretamente pelo celular com o aplicativo. A recarga de créditos do LEVIR pode ser feita com boleto, transferência, cartão de crédito ou débito.

Existe a possibilidade de transferência de créditos entre usuários pelo aplicativo LEVIR.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta