Após repercussão negativa, Nova Faol volta atrás na ameaça de deixar o transporte público em Nova Friburgo

Ônibus da Nova Faol

Prefeito disse que não aumentaria a tarifa para R$ 5,90 como pediu a empresa e que, com ou sem a Nova Faol, população não ficaria sem transporte

ADAMO BAZANI

A Nova Faol, operadora dos transportes de Nova Friburgo (RJ), voltou atrás na ameaça de deixar o sistema.

Como mostrou o Diário do Transporte, na quinta-feira (01), a empresa notificou a Câmara Municipal de Nova Friburgo (RJ) que vai desistir de operar os transportes no município.

A companhia pediu equilíbrio econômico para chegar ao que arrecadava quando transportava 745,5 mil passageiros por mês antes da pandemia.

Para isso, sugeriu que a tarifa suba dos atuais R$ 4,20 para R$ 5,90.

A Nova Faol também propõe que a prefeitura compre antecipadamente vales-transportes para os servidores.

O comunicado da empresa não repercutiu bem e nas redes sociais, o prefeito Johnny Maycon disse que não haverá falta de transporte público, com ou sem Nova Faol, na cidade e que não vai admitir uma tarifa de R$ 5,90 como pediu a empresa.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/04/01/nova-faol-notifica-camara-sobre-desistencia-da-operacao-em-nova-friburgo/

Nesta segunda-feira, 05 de abril de 2021, a empresa emitiu um comunicado à imprensa local com outro tom.

A Nova Faol diz que suspendeu temporariamente o intenção de deixar os serviços e que vai se esforçar para retomar o diálogo com a prefeitura.

“Continuamos acreditando que somente através de um diálogo honesto e transparente entre as partes envolvidas, conseguiremos enfrentar responsavelmente a preocupante e temerária situação, com possíveis danosos prejuízos à digna população friburguense”, conclui o comunicado da empresa, segundo o Portal Multiplix.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. José disse:

    Prefeito não aceite o que esta empresa quer ,o Sr viu ,foi só bater o pé que eles s aceitam a coisa certa

Deixe uma resposta