Santos (SP) aborda mais de mil veículos em barreira sanitária

Objetivo da medida é impedir a entrada de vans, micro-ônibus, ônibus de turismo e carros de passeio com placa de fora do município. Foto: Susan Hortas / Divulgação.

Levantamento considera período de quarta (24) a segunda (29), quando lockdown na Baixada Santista já estava em vigor

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Santos, no Litoral Paulista, informou que 1.036 veículos foram abordados na barreira sanitária da entrada da cidade. O levantamento considera o período de quarta (24) a segunda-feira, 29 de março de 2021, período de vigência do lockdown na Baixada Santista.

Do total, 21 não comprovaram a necessidade de entrar na cidade e retornaram para o local de origem. Apenas na segunda, 276 carros foram abordados na barreira sanitária, no bairro Saboó.

Segundo a Prefeitura, a ação busca impedir a entrada de vans, micro-ônibus, ônibus de turismo e carros de passeio com placa de fora do município para turismo durante o período de lockdown na Baixada Santista.

“A barreira é realizada com apoio da Polícia Militar (PM) e da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e visa evitar a propagação da covid-19.  Só estão autorizados a entrar motoristas de carro de passeio que comprovarem a necessidade de trabalho ou consulta médica, além dos munícipes”, reforçou a Prefeitura, em nota.

O lockdown na Baixada Santista fica em vigor por 13 dias: entre 23 de março (terça-feira) e 04 de abril. O transporte coletivo tem operação diferenciada.

Relembre:

Cidades da Baixada Santista definem horário de operação dos ônibus durante lockdown

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta