Demanda de ônibus da capital paulista cai 16% no primeiro dia de feriado antecipado

Ônibus urbano em São Paulo

Número faz parte do boletim da covid-19 da SMT (Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes)

ADAMO BAZANI

A quantidade de passageiros transportados nos ônibus municipais da capital paulista, gerenciados pela SPTrans (São Paulo Transporte), caiu 16,45% na sexta-feira, 26 de março de 2021, primeiro dia de feriado antecipado, em relação à sexta-feira anterior, 19 de março, quando o Estado já estava na fase emergencial, a mais restritiva até agora do Plano São Paulo para conter o avanço da covid-19.

O dado faz parte do Boletim Covid-19 divulgado na tarde desta segunda-feira (29) pela SMT (Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes).

De acordo com o levantamento, na sexta-feira (26) os ônibus da cidade transportaram 1,27 milhão de pessoas. Na sexta-feira anterior, o total transportado foi de 1,52 milhão.

Em relação à quinta-feira, 25 de março de 2021, a queda de demanda foi de 15,89%, com 1,51 milhão de passageiros na quinta ante 1,27 milhão na sexta-feira.

Na comparação entre os fins de semana antes e durante o feriado, a queda foi menor.

No sábado, 20 de março de 2021, os ônibus municipais transportaram 960 mil passageiros e, no sábado (27), foram 890 mil de acordo com o mesmo boletim.

A diferença é de 7,29%.

Já entre o domingo 21 de março de 2021, sem emenda de feriado, e o domingo, 28 de março de 2021, não houve nenhuma mudança na demanda dos ônibus, com 510 mil passageiros por domingo.

19/03 – 26/03: 1,52 milhão X 1,27 milhão: – 16,45%

25/03 – 26/03: 1,51 milhão X 1,27 milhão: – 15,89%

20/03 – 27/03: 960 mil X 890 mil: – 7,29%

21/03 – 28/03: 510 mil x 510 mil – sem diferença

Os dados desta segunda-feira (29) serão divulgados na tarde da terça-feira (30).

Como mostrou o Diário do Transporte, em 18 de março de 2021, o prefeito Bruno Covas anunciou a antecipação de feriados para reduzir a circulação de pessoas e a lotação do transporte coletivo, neste pior momento da pandemia de covid-19 no País.

Os feriados municipais de 2021 (Corpus Christi, Consciência Negra) e 2022 (Aniversário de São Paulo, Corpus Christi, Consciência Negra) foram antecipados já para os dias 26, 29, 30, 31 de março e 01º de abril

No ano passado, medida semelhante foi adotada e a gestão avaliou o resultado como positivo, com aumento no índice de isolamento e redução na circulação de pessoas, lotação dos ônibus e dos índices de congestionamento.

* 26 de março (sexta-feira) – Corpus Christi de 2021;
* 29 de março (segunda-feira) – Dia da Consciência Negra de 2021;
* 30 de março (terça-feira) – Feriado do aniversário da cidade de São Paulo de 2022;
* 31 de março (quarta-feira) – Corpus Christi de 2022;
* 01º de abril (quinta-feira) – Dia da Consciência Negra de 2022.

Dia 02 de abril será mantido o feriado nacional da Paixão de Cristo, “sexta-feira santa”.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/03/18/bruno-covas-antecipa-feriados-municipais-e-muda-rodizio-para-o-periodo-das-20h-as-05h/

Segundo a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, as viações são remuneradas de acordo com uma fórmula matemática que considera a demanda de passageiros, mas também o serviço programado, ou seja, se estão realizando as viagens que a SPTrans determinou.

Os contratos estão num período de transição desde setembro de 2019 e futuramente serão considerados indicadores de qualidade para esta remuneração.

Veja os detalhes em:

https://diariodotransporte.com.br/2021/03/29/empresas-de-onibus-nao-sao-mais-remuneradas-somente-por-passageiros-transportados-diz-sptrans/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Rodrigo souza disse:

    Eu tenho certeza que caiu foi 100%, porque em pleno um feriado inventado, por esses que se dizem prefeito governador, o transporte continua um lixo.

Deixe uma resposta