São Caetano do Sul (SP) adota barreiras sanitárias e vai interditar ruas para reduzir circulação

Ônibus na Avenida Goiás, um dos pontos de bloqueio

Motoristas e motociclistas serão parados em vias de grande movimento da cidade do ABC Paulista

ADAMO BAZANI

A cidade de São Caetano do Sul, no ABC Paulista, adota a partir deste sábado, 27 de março de 2021, barreiras sanitárias para reduzir a circulação como medida para tentar conter o avanço da covid-19.

Haverá pontos de bloqueios em vias de grande movimento com a participação da GCM (Guarda Civil Municipal) e de Secretária da Saúde.

Serão quatro pontos:

– Avenida Goiás com Avenida Guido Aliberti, quase no limite com São Paulo

– Viaduto Independência (ao lado do Carrefour) – sobre a Avenida dos Estados e linha da CPTM.

– Proximidades da USCS (Universidade de São Caetano do Sul) do Bairro Barcelona; perto do limite de Santo André / Av. Goiás, 3400

– Proximidades da Faculdade de Engenharia Mauá, na Praça Mauá, cuja região dá acesso a São Bernardo do Campo.

Serão realizadas medições de temperatura de motoristas e motociclistas, que também serão questionados sobre os motivos dos deslocamentos.

Ônibus também poderão ser abordados, com a medição de temperatura e questionamentos aos passageiros, mas os veículos não serão impedidos de seguir viagem e nem os usuários serão obrigados a descer.

Se não forem moradores do município, trabalhadores de serviços essenciais, estiverem em deslocamento para casos de saúde ou para comprar alimentos, motoristas e motociclistas serão orientados a voltar para a casa.

A cidade faz limite com São Paulo, Santo André e São Bernardo do Campo.

As vias de menor porte que são alternativas a estes corredores serão fechadas para os motoristas não escaparem das barreiras.

Será permitido apenas o tráfego local.

TRANSPORTES:

Os serviços de transportes públicos não serão interrompidos, mas os prefeitos do Consórcio Intermunicipal ABC ao decidirem aderir à antecipação dos feriados, anunciaram que os ônibus municipais só vão transportar pessoas para deslocamentos médicos e trabalhadores de serviços essenciais desde que comprovem ao motorista o vínculo empregatício ou o motivo da viagem.

Além de ser atendido pelos ônibus municipais da Vipe (Viação Padre Eustáquio), São Caetano do Sul também é servido por transportes metropolitanos, como a linha 10-Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e os ônibus gerenciados pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), operados por empresas como Tucuruvi, Vipe, Publix, Trans-Bus, EAOSA (Empresa Auto Ônibus Santo André), Viação Ribeirão Pires.

SÃO CAETANO JÁ FEZ BLOQUEIOS EM 2020:

Como mostrou o Diário do Transporte, em abril de 2020, no início da pandemia, a prefeitura de São Caetano do Sul realizou bloqueios nas entradas e saídas da cidade no feriado da Páscoa.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/04/09/coronavirus-sao-caetano-do-sul-bloqueia-vias-do-centro-e-santo-andre-lacra-praca/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes  

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta