Comil encerra 2020 com crescimento de 2% em produção e prevê novos produtos para 2021

Linha da família Campione e Versatile registrou um crescimento de 19% em relação ao ano de 2019. Foto: Divulgação.

Números vão na contramão da queda de 26% na indústria nacional

JESSICA MARQUES

A fabricante de carrocerias de ônibus Comil, com sede na cidade de Erechim, no Rio Grande do Sul, encerrou 2020 com um crescimento de 2% no volume de produção. Os números, segundo a empresa, vão na contramão da queda de 26% na indústria nacional.

“Em um ano atípico marcado pela pandemia de covid-19, a Comil comemora seus resultados. As perspectivas no início do ano eram muito boas, com aumento de vendas já no primeiro trimestre e um plano de crescimento de 15% no volume de produção. Porém com início da pandemia, os planos precisaram ser revistos, e foram necessárias diferentes adaptações e adoção de medidas em toda a empresa. O momento era delicado, os clientes foram obrigado a praticamente parar todas as frotas de ônibus, e como consequência o volume de negociações foi reduzido”, considerou a fabricante, em nota.

Por sua vez, a linha da família Campione e Versatile registrou um crescimento de 19% em relação ao ano de 2019. Em números totais, nestes produtos, a Comil atingiu uma participação de mercado de 26%, contra 16% no ano anterior. Segundo a empresa, o crescimento está alinhado com produtos de grande aceitação no mercado.

NOVIDADES

Para o ano de 2021, a Comil prevê muitos desafios e incertezas do mercado, o que deverá proporcionar um primeiro semestre com restrições nas vendas. Contudo, a fabricante espera uma recuperação ao longo do ano, justificada pela demanda reprimida de 2020. Por esse motivo, os investimentos continuam, principalmente em processos fabris e no desenvolvimento de produtos.

“Em breve teremos novidades de produtos em nosso portfólio”, prometeu Corradi.

INVESTIMENTOS

Apesar das adversidades do mercado causadas pela pandemia de covid-19, a Comil informou que seguiu com os investimentos e com o desenvolvimento de novos produtos, assim como atuou em melhorias contínuas nos processos produtivos.

Durante o ano de 2020, foi apresentada ao mercado a nova família de poltronas rodoviárias semi leito e executiva, com investimento superiores a R$ 3 milhões.

“Além de aquisições feitas por clientes já fidelizados da Comil, como no caso de empresas que já trabalhavam como nossas outras linhas de produtos, também tivemos a conquista de novos clientes no segmento rodoviário no ano de 2020, empresas essas que realizaram sua primeira compra de produtos Comil”, afirmou o diretor financeiro da empresa, Carlo Corradi.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta