Parceria BYD ADL traz novas opções de carregamento para adicionar flexibilidade operacional aos ônibus elétricos fabricados na Grã-Bretanha

Com experiência em tecnologia de bateria e gerenciamento de energia, a BYD pode desenvolver uma nova tecnologia de distribuição de alta tensão

ALEXANDRE PELEGI

Mais uma novidade da parceria entre a BYD UK e a Alexander Dennis Limited (ADL). A maior fabricante global de baterias de lítio-ferro e de veículos elétricos e plug-in juntou-se à tradicional encarroçadora ADL para adicionar flexibilidade operacional aos ônibus elétricos com a introdução de opções de carregamento adicionais.

A ADL é subsidiária do fabricante líder global independente de ônibus NFI Group Inc. (NFI).

Com a novidade, além do carregamento de plugue CA (corrente alternada), todos os ônibus agora podem ser especificados com tomadas CC (corrente contínua). Já os ônibus double-decker (de dois andares) também têm a opção de trilhos de conector montados no teto para pantógrafos OppCharge (pantógrafo montado na estação de abastecimento).

A parceria exitosa entre as duas empresas já entregou e recebeu encomendas de mais de 750 ônibus elétricos desde seu lançamento há apenas cinco anos.

Seu histórico de trabalho está vinculado a empresas de serviços públicos e fornecedores de infraestrutura de cobrança para entregar soluções para operadoras de ônibus.

Os ônibus BYD ADL Enviro200EV simples e BYD ADL Enviro400EV de dois andares são equipados por padrão com tomadas CA duplas. Isso permite que sejam carregados com um plugue de 40kW, ou com dois plugues para uma potência de carregamento combinada de 80kW.

A infraestrutura compacta leva o carregamento AC a ser uma solução altamente econômica para a maioria dos casos de uso em depósitos de ônibus.

Já o carregamento de plugue DC oferece maior potência de carregamento por meio de uma única conexão. Ele agora está disponível como uma opção em todos os ônibus elétricos simples e de dois andares da parceria BYD ADL. As baterias podem ser carregadas em até 102kW no BYD ADL Enviro200EV e até 112kW no BYD ADL Enviro400EV.

ALTA TENSÃO

Sua experiência em tecnologia de bateria e gerenciamento de energia levou a BYD a desenvolver uma nova tecnologia de distribuição de alta tensão.

Agora, todos os ônibus elétricos BYD ADL têm a opção de especificação com a provisão de carregamento CA e CC no mesmo veículo.

Para fornecer flexibilidade de estacionamento durante o carregamento, o sistema oferece ainda opções para localização da tomada CA e / ou CC, dependendo do tipo de veículo.

Apesar da autonomia da bateria cobrir confortavelmente muitas tarefas dos veículos elétricos durante todo o dia, o carregamento de oportunidade de alta potência pode aumentar ainda mais a flexibilidade operacional do BYD ADL Enviro400EV Double Decker. Esse modelo agora pode ser especificado com trilhos montados no teto para se conectar com pantógrafos construídos de acordo com o padrão internacional OppCharge.

O Sistema de Gerenciamento Térmico de Bateria (BTMS – Battery Thermal Management System) da BYD também é instalado com a capacidade de fornecer um pico de energia de carregamento de 300kW para recarga rápida de baterias. Ele ainda pode ser usado com energia mais baixa em depósitos de ônibus onde as restrições de infraestrutura podem impedir a instalação de carregadores próximos às posições de estacionamento dos veículos.

A tecnologia BTMS é livre de emissões, resfriada por líquido, projetada para manter a temperatura ideal da bateria e, portanto, a eficiência máxima do veículo.

Para o presidente da ADL, Paul Davies, as operadoras de ônibus precisam de flexibilidade operacional para facilitar a transição para ônibus com emissão zero. “É por isso que estamos adicionando carregamento DC e soluções de pantógrafo para nossos ônibus elétricos que são fabricados na Grã-Bretanha para beneficiar nossa economia e desenvolver a experiência do país em tecnologia de veículos limpos”.

Já o diretor executivo da BYD no Reino Unido, Segundo, este desenvolvimento destaca a experiência mundialmente conhecida da BYD em tecnologia de bateria e gerenciamento de energia. “Trabalhar em parceria com Operadores de Transporte Público nos permitiu desenvolver soluções que beneficiam os clientes na estrada e também na garagem”, disse ele. “Essas relações estreitas estão ajudando a levar transporte público limpo e sustentável para mais e mais pessoas em vilas e cidades em todo o Reino Unido”, analisou o executivo.

Os primeiros ônibus elétricos BYD ADL com tomadas CC e barras de carregamento montadas no teto serão entregues a operadores no Reino Unido na próxima primavera e verão Europeus.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta