Motoristas e cobradores de ônibus anunciam protestos em terminais de São Paulo nesta quarta (24)

Ônibus na capital paulista

Sindicato da categoria, cronograma de vacinas e medidas para reduzir a lotação estão na pauta

ADAMO BAZANI

Terminais de ônibus da cidade de São Paulo devem ter manifestações de motoristas e cobradores entre 10h e 12h desta quarta-feira, 24 de março de 2021.

De acordo com o Sindmotoristas, sindicato da categoria, entre as pautas estão a definição de um cronograma de vacinação para os profissionais e mais medidas para reduzir a lotação nos ônibus, em especial nos horários de pico.

Segundo nota da entidade, “embora diversas reuniões e protocolos buscassem uma solução para os trabalhadores do transporte público, ao que tudo indica, as promessas feitas pelo Poder Público e empresas foram em vão”.

“Não dá para continuar trabalhando em condições desesperadoras. Estamos vivendo uma das maiores crises de saúde da história. E quais são as preocupações das nossas autoridades para o transporte público que aglomera milhares de pessoas?”, questionou o presidente do sindicato, Valdevan Noventa, segundo a nota.

O sindicalista ainda diz que o horário foi escolhido para reduzir os impactos à população.

Nesta semana, como mostrou o Diário do Transporte, foi a vez de motoristas e funcionários dos transportes do ABC Paulista fazerem uma manifestação para os ônibus nos terminais das cidades da região entre 07h e 09h.

Os profissionais também pediam vacinas e subsídios para a operação, algo que já existe na capital paulista.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/03/22/terminais-de-onibus-no-abc-sao-liberados-apos-paralisacao-na-manha-desta-segunda-22/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Juarez disse:

    Esse sindmoristas é uma piada, o trabalhador é sempre usado para essas massas de manobras!!

  2. Luiz Américo de Sousa Gonçalves disse:

    Demorou de acontecer isso.
    Pois nosso governador não liga para nada disso.
    Não está nem aí para o profissionais do transportes público.
    Onde já se viu ?
    Parar todos os comércios e a lotação dos ônibus continua pior. Parece que dobrou a lotação de ônibus e trens e metros

    1. JOSÉ LUIZ VILLAR COEDO disse:

      Concordo! E o Governador FECHA ATE IGREJAS! SALÕES DE CABELEIREIROS / BARBEARIAS E ATÉ DEPÓSITOS DE MATERIAIS PARA CONSTRUÇÃO Mas os Ônibus da EMTU E SPTrans e etc … METRÔ e CPTM… sempre cheios!

  3. Paulada Cruz Da Silva Reis disse:

    Os ônibus q simular de terminal Sacomã vai para ou não

    1. diariodotransporte disse:

      Pode parar

  4. Alexandre Forte Rodrigues disse:

    Minha solidariedade aos motoristas e cobradores, agentes de serviço essencial e que têm razão na reivindicação de serem atendidos logo pela vacinação.

  5. Paulo César disse:

    E nisso os motoristas e cobradores de ônibus fazem protestos sobre as paradas de ônibus eles fazem ne, só porq são cobradores é não pegam 4,80 na condução agora porq eles não fazem protestos para abaixar preço para trabalhadores né isso q é poblema kkk

  6. Gente disse:

    Concordo, mas e os trabalhadores que se aglomeram lá dentro também? Tem muitos deles que são da area da saúde indo ao trabalho, se nao chegaram logo lá, pode ser um parente seu que está esperando este profissional chegar. Se morreram motoristas, meus pêsames as famílias, imagina o que não morreram da saúde, de supermercados, de agentes funerários, de agentes penitenciários, de trabalhadores que os próprios motoristas infectaram dentro do ônibus! Então senhores do sindicato, vão caçar o que fazer de útil para a população, me poupem… parem de tumultuar mais do que já está! Já imaginou se o povo da saúde cisma de fazer greve também, que convenhamos, a situação deles é bem pior do que a de vocês e a do resto do povo.

  7. Gente disse:

    Ah! Me esqueci! Aglomerar no trabalho não pode, mas aglomerar para tumultuar e atrapalhar a vida dos que infelizmente ainda dependem do transporte público pode?!

  8. JOSÉ LUIZ VILLAR COEDO disse:

    Bolsonaro e Doria cagam e andam pra nos e pta todos ! E o LULADRAO da risada! Que nojeira esses políticos nossos! Gente impia! Sem temor algum a Deus!

  9. Amaurilo Wagner disse:

    É um absurdo o que nos trabalhadores no transporte. Mesmo antes da pandemia da covid. Alias até essa data nenhum ponto final não dar. Nenhuma condições de higiene para a categoria. Prefeitura e empresários e pior sindicato fecha os olhos pra essa questão. Que aliás devido esse vírus nenhum reservatórios com água potável e sabão para os cobradores e motoristas lavar as mão não teve essa minina assistência em plena taxa de contaminação. Sem dizer dos descaco que nos somos obrigados a fazer suas necessidades fisiológicas em garrafas descartável dentro dos ônibus nós pontos final. E também fazer a refeição nós coletivos sem nenhuma melhor condições pra se alimentar . Pra nós que trabalha no sistema sabe muito bem doque estou falando.

Deixe uma resposta