Greve dos ônibus na Grande Vitória termina após Justiça determinar volta ao trabalho

Foto: Kaique Passos / Ônibus Brasil

Decisão proibiu que sindicato dos trabalhadores impedisse a saída dos ônibus para a operação. Coletivos de duas empresas voltaram a rodar no início da noite dessa segunda (08)

ALEXANDRE PELEGI

A greve dos motoristas da Grande Vitória terminou no fim dessa segunda-feira, 08 de março de 2021, mesmo dia em que iniciou.

Parte dos motoristas voltou ao trabalho após o desembargador federal do Trabalho, Gerson Fernando da Sylveira Novais, atender ação das empresas Santa Zita Transportes Coletivos e Nova Transportes, que atendem o sistema Transcol, na Grande Vitória. A decisão proibiu que o Sindirodoviários-ES, sindicato dos trabalhadores, impeça a saída dos ônibus para a operação.

Caso descumpra a decisão, a entidade sindical pode ser multada em R$ 100 mil por dia.

Com a decisão, os ônibus das duas empresas voltaram a circular ontem mesmo. Hoje os coletivos das demais empresas que atuam no sistema Transcol, na Grande Vitória, estão saindo às ruas.

Como mostrou o Diário do Transporte, os trabalhadores pedem a volta dos cobradores aos seus postos de trabalho, afastados desde maio de 2020, em razão da pandemia.

A suspensão do pagamento de passagens em dinheiro e dos cobradores de ônibus começou em 17 de maio de 2020.

A medida, segundo o governo do estado, foi para reduzir a circulação de dinheiro e a possibilidade de contágio pela covid-19.

Os ônibus com ar-condicionado continuam com os profissionais.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta