Santo André vistoria 219 estabelecimentos e interdita bar em fiscalizações sobre lockdown e fase vermelha

Equipes da prefeitura de Santo André devem voltar a campo

Operação Comércio Responsável foi realizada em 34 bairros e procede neste fim de semana. Ônibus voltam aos horários normais a partir de segunda-feira (08)

ADAMO BAZANI

A prefeitura de Santo André, no ABC Paulista, vistoriou entre a noite desta sexta-feira, 05 de março de 2021, e a madrugada deste sábado (6), 219 estabelecimentos em 34 bairros da cidade para verificar se estavam sendo cumpridas as regras do toque de restrição (20h às 05h com monitoramento de deslocamentos e dispersão de aglomerações), lockdown noturno (22h às 04h com proibição de circulação), e fase vermelha (funcionamento apenas de serviços essenciais pelo Plano São Paulo do Governo do Estado).

De acordo com balanço da administração municipal, nos trabalhos foram realizadas 77 orientações, elaborados sete termos de compromisso, aplicada uma multa em um bar no Centro e uma interdição de um bar no Parque Novo Oratório.

Entre os bairros fiscalizados estão Campestre, Utinga e Jardim Santo André.

Chamada de Operação Comércio Responsável, a ação é de responsabilidade das equipes do Departamento de Controle Urbano, Semasa e Guarda Civil Municipal (GCM).

O lockdown noturno, com restrição total à circulação, a não ser por casos de emergência ou trabalho, acaba neste domingo, 07 de março de 2021.

Assim, a partir de segunda-feira (08), só ficam valendo na cidade o toque de restrição e a fase vermelha do Governo do Estado que vão até 19 de março de 2021.

Com isso os ônibus municipais de Santo André voltam a operar em horário habitual a partir desta segunda-feira (08), como mostrou o Diário do Transporte.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/03/05/onibus-de-santo-andre-sp-voltam-a-operar-em-horario-normal-a-partir-desta-segunda-08/

Em nota, o prefeito de Santo André, Paulo Serra, disse que as fiscalizações serão intensificadas.

“Respeitar o lockdown e a fase vermelha é fundamental para conter o avanço do ritmo de contaminação. Por isso, vamos intensificar a fiscalização para coibir as aglomerações e festas clandestinas, como forma de frear o avanço do vírus. Proteção e cuidado com a nossa gente. Agora, é cada um cuidando do outro

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Gustavo disse:

    Muito bom ver que nem os policiais seguem o protocolo de colocarem mascaras, enquanto comércios lutam para se manterem abertos e colocarem comida na mesa sem nenhum incentivo da prefeitura ou do estado..

Deixe uma resposta