Mercedes-Benz Vans apresenta novas configurações para linha Sprinter

Novidades estarão disponíveis em toda a rede de concessionários a partir de março. Foto: Divulgação.

Marca chegou a 36,6% de participação de mercado em fevereiro, ficando na liderança nas vendas de veículos comerciais leves no Brasil

JESSICA MARQUES

A Mercedes-Benz Vans apresentou nesta quinta-feira, 04 de março de 2021, novas configurações para linha Sprinter. Ao todo, são seis novidades nos segmentos de transporte de carga, de passageiros e de motorhome.

As novas configurações de Sprinter ficam disponíveis em toda a rede de concessionários Mercedes-Benz já a partir deste mês de março, segundo a fabricante.

Com o aumento do portfólio, a marca oferece mais de 100 configurações possíveis na linha Sprinter.

Confira abaixo as principais novidades, por segmento:

Passageiros

Para o segmento de transporte de passageiros foram disponibilizadas rodas de liga leve 6,5 J x 16, incluindo as versões com cores sólidas para a Sprinter Van 15+1, equipada com o pacote Luxo Hi-Tech, o que dá um destaque maior ao produto e agrega valor de mercado. Tal diferencial também se aplica à linha de Furgão Vidrado 10,5m³ e 14m³ com pacote Hi-Tech, tanto nos veículos de pintura sólida quanto na metálica. Além disso, a Sprinter Van 19+1 tem como principal diferencial a entrada pela porta dianteira e contará com uma nova opção de pacote, o Luxo Hi-Tech, com sistema multimídia MBUX, volante multifuncional, piloto automático, câmera de ré superior, além do ar condicionado frontal e traseiro de série.

Carga e ambulâncias

A grande novidade fica por conta do novo pacote Comfort Fit disponível para os Furgões de 4,1 toneladas que traz o assento individual para o acompanhante para atender às demandas dos segmentos em que o motorista opera sozinho ou no máximo com um acompanhante como é o caso do e-commerce e das ambulâncias, principalmente. Além disso, a nova linha Sprinter traz ainda mais opções para o segmento de carga com o pacote Hi-Tech disponível para a Sprinter Chassi de 4,1 toneladas, com itens como o sistema multimídia MBUX, volante multifuncional e piloto automático que proporcionam ainda mais facilidade e controle na utilização dos comandos do veículo.

Motorhome

Para os clientes de motorhome, o destaque é o novo pacote da Sprinter Furgão de 4,1 toneladas que oferece itens como ar condicionado frontal, sistema multimídia MBUX, volante multifuncional, piloto automático, câmera de ré superior, banco individual do acompanhante e rodas em liga leve, propiciando a melhor experiência a bordo ao usuário.

Implementos

Para os implementadores, a novidade é o ponto de acesso adicional com doze sinais no cockpit na nova linha Sprinter que permite a conexão de dispositivos pré-definidos como sinais de seta à esquerda e à direita, luz de ré entre outros, garantindo a qualidade do produto final.

MERCADO DE COMERCIAIS LEVES

As novidades da Mercedes-Benz Vans foram divulgadas em celebração à permanência da marca na liderança no segmento de comerciais leves em fevereiro de 2021.

Com 1.490 unidades emplacadas no acumulado do ano, a Mercedes-Benz Vans foi líder de vendas de veículos comerciais leves no Brasil no mês de fevereiro. A marca alcançou 36,6% de participação de mercado, o que significa crescimento de 1,2 pontos percentuais em relação ao desempenho de janeiro de 2021.

“É muito gratificante a nossa liderança de vendas no segmento de Large Vans desde 2017 até fevereiro de 2021. Os números positivos do desempenho comercial só comprovam o comprometimento da Mercedes-Benz em atender às necessidades de todos os nossos clientes”, disse o presidente e CEO Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil, Jefferson Ferrarez, em nota.

Considerando o ano de 2020, a Mercedes-Benz Vans manteve a liderança pelo quarto ano consecutivo nas vendas de Large Vans (3,5 a 5 toneladas) com 9.742 veículos emplacados, representando 36% de market share. Com 38,9% e 54,6% de participação de mercado, respectivamente, os segmentos de Furgão e Vans de passageiros foram os destaques, ocupando também a primeira posição.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta