Contrariando Consórcio, Mauá decreta “lockdown” das 23h às 04h, com suspensão dos ônibus da Suzantur

Ônibus municipal em Mauá

Já entidade regional dos prefeitos do ABC havia decido restrição das 21h às 05h, com paralisação dos ônibus das 22h às 04h

ADAMO BAZANI

Mauá é mais uma cidade que contrariou deliberação do Consórcio Intermunicipal do ABC e decidiu fazer o próprio “lockdown”.

Enquanto a entidade regional de prefeitos decidiu restrição das atividades econômicas das 21h às 05h, com paralisação dos ônibus das 22h às 04h, a gestão do prefeito Marcelo Oliveira, por meio do decreto 8847 determinou a suspensão das atividades comerciais e de serviço num período menor, das 23h às 04h, incluindo a ]circulação dos ônibus municipais operados pela Suzantur.

Os trens da CPTM (linha 10 -Turquesa) e os ônibus metropolitanos da EAOSA (Empresa Auto Ônibus Santo André) e Viação Ribeirão Pires, que passam pela cidade, vão operar neste período.

A medida entra em vigor no sábado, 27 de fevereiro de 2021, e vale até 07 de março de 2021.

Mauá é uma das cidades com maior nível de ocupação de leitos de UTI para covid-19.

No decreto publicado nesta quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021, Marcelo Oliveira recomenda que os estabelecimentos comerciais liberem os funcionários com antecedência suficiente para chegarem em casa a tempo.

Ainda no mesmo decreto, a gestão municipal prevê retorno às aulas a partir de 08 de março de 2021.

Como havia mostrado o Diário do Transporte, outras duas cidades do ABC, São Caetano do Sul e Ribeirão Pires, decidiram não seguir a deliberação do Consórcio.

São Caetano do Sul e Ribeirão Pires informaram que apenas vão obedecer a determinação do governador João Doria de “toque de restrição” das 23h às 05h, com o funcionamento de serviços essenciais, incluindo ônibus, trens, metrô, táxis e carros de aplicativos.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/02/24/entrevista-abc-vai-ter-lockdown-a-partir-das-21h-e-onibus-municipais-deixam-de-operar-as-22h/

Veja o decreto na íntegra:

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. IVANILDO FERREIRA disse:

    Realmente alguns governante, são verdadeiros idiotas. Como se,isso fosse resolver o problema do país.
    Eu gostaria, quê as pessoas prejudicado , com as decisões desses mau governos parassem todas as atividades .
    E mandassem a conta prá esses idiotas. Coitado do presidente, na mão desses carcará prefeitos, e governadores. Se eu fosse um presidente, eu criava ,uma lei federal aonde esses imbecis, obedecessem.

  2. Leila DANILEWSKI disse:

    Vocês não pensarão que tem pessoas que vão aos postos de saúde à noite e vamos locomover como o bando de imbecis nem todo mundo tem carro inergumenos Doria e prefeitos já que as ambulância não atende esse servidosos temos que locomoção tem que ser feito de ônibus não pensaram nisso não vamos telefonar nas casas de vocês que tal vocês poderão nos levar até a upas já que taxi estão se recusando fazer isso não sofremos só de covid não com a política de jumentos de vocês de fe charmoso tudo temos problemas de pressão alta e cardíaco que não dá pra esperar amanhecerto o dia

  3. luh disse:

    maua sempre mudando o combinado e deixando a populaçao sem saber o q fazer. FOI A MESMA COISA COM AS DATAS DE VACINAÇAO DOS IDOSOS, segue um calendario diferente, e temos q ter bola de cristal pra adivinhar . cada uma.

Deixe uma resposta