Anfavea: Produção de ônibus em janeiro de 2021 tem alta de 41,3% em relação ao mês anterior

Licenciamento de ônibus, por sua vez, apresentou queda de 31,6% em relação a janeiro do ano passado. Foto: Divulgação.

Ao todo, foram fabricadas 1.092 unidades de veículos urbanos e 334 de rodoviários

JESSICA MARQUES

A produção nacional de ônibus em janeiro de 2021 apresentou uma alta de 41,3% em relação a dezembro de 2020. A informação foi divulgada pela Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) na manhã desta quinta-feira, 04 de fevereiro de 2021.

Ao todo, foram fabricadas 1.092 unidades de ônibus urbanos e 334 de veículos rodoviários em janeiro, totalizando 1.426. No mesmo mês de 2020, também foram fabricados 1.426 chassis em solo nacional, segundo a Anfavea.

Confira os dados completos, por segmento urbano e rodoviário:

EMPLACAMENTOS

Por sua vez, o número de ônibus novos licenciados em janeiro de 2021 apresentou uma queda de 10,8% em relação a dezembro de 2020, passando de 1.145 para 1.021 unidades.

Comparando os meses de janeiro deste ano com o do ano passado, a queda foi ainda mais expressiva, chegando a 31,6%. Confira os números, na íntegra:

Em entrevista coletiva, o vice-presidente da Anfavea, Gustavo Rodrigo Bonini, ressaltou que historicamente o mês de janeiro apresenta resultados mais baixos que os demais. Portanto, a comparação observada deve ser com o mesmo período do ano anterior.

“Ônibus é onde a gente tem a maior preocupação, no geral, por conta da pandemia. Sobre como vai ser o desenrolar nos próximos meses e para esse ano. Foi o setor que sem dúvida foi o mais afetado e é o que chama mais atenção nesse momento”, avaliou.

RANKING DE MARCAS

A Mercedes-Benz segue liderando o mercado de ônibus, considerando o primeiro mês de 2021, seguida pela Volkswagen. A Agrale ficou em terceiro lugar no ranking. Confira os números divulgados pela Anfavea:

1º) Mercedes-Benz: 414 unidades, queda de 51,5%;

2º) MAN/Volkswagen: 257 unidades, queda de 4,8%;

3º) Agrale (inclui os miniônibus da Volare): 156 unidades, queda de 26,8%;

4º) Iveco (inclui os miniônibus CityClass): 134 unidades, alta de 1.118,2%;

5º) Volvo: 50 unidades, queda de 5,7%;

6º) Scania: 8 unidades, queda de 86,7%.

EXPORTAÇÃO

As exportações de ônibus também apresentaram queda no primeiro mês do ano, segundo a Anfavea. Comparando janeiro deste ano com o de 2020, a retração foi de 5,6%, passando de 266 para 251 unidades.

Por sua vez, de dezembro para janeiro, a queda foi de 49%, com os números variando de 492 para 251 veículos vendidos para o exterior.

Confira os números, na íntegra:

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta