Diário no Sul

Ex-funcionários da Sogal fazem protesto e impedem saída de ônibus

Ônibus da Sogal

Profissionais reclamam de atrasos em pagamento de verbas rescisórias

ADAMO BAZANI

Funcionários que se desligaram da Sogal (Sociedade de Ônibus Gaúcha Ltda) iniciaram na tarde desta quarta-feira, 03 de fevereiro de 2021, um protesto em frente à garagem em Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre.

O grupo impede a saída de ônibus da garagem, mas há veículos em circulação desde cedo.

Os profissionais dizem que a empresa atrasou o pagamento de parcelas previstas no plano de demissão voluntária aberto pela companhia em agosto de 2020.

Segundo os trabalhadores, as parcelas da rescisão deveriam ser pagas sempre no dia 30 de cada mês, mas já há atrasos referentes a dezembro e janeiro.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta