ANTT encerra Operação Pascal em Campos dos Goytacazes (RJ) com apreensão de dois veículos

Uma van e um carro de passeio foram flagrados realizando transporte clandestino de passageiros nesse domingo (24)

ALEXANDRE PELEGI

A equipe de fiscalização da Agência Nacional de Transporte Terrestre – ANTT, com apoio da Polícia Rodoviária Federal, finalizou no Rio de Janeiro nesse domingo, 24 de janeiro de 2021, mais uma etapa da Operação Pascal.

Realizada em Campos dos Goytacazes/RJ, a ação redundou na apreensão de dois veículos que realizavam transporte clandestino de passageiros, 1 van e 1 carro de passeio.

A van provinha de Serra, no Espírito Santo, com destino a Cachoeiras de Macacu, no Rio de Janeiro;

Já o carro de passeio tinha como origem a cidade de Vitória, no Espírito Santo, com destino a Rio das Ostras, no Rio de Janeiro.

No total, 19 passageiros foram retirados do transporte clandestino.

No total da operação, que teve início na quinta feira (21) em Campos dos Goytacazes (RJ), A ANTT fiscalizou 60 veículos, lavrou 22 autos de infração e apreendeu 10 veículos por transporte clandestino de passageiros.

No total, 177 passageiros foram retirados dos veículos e encaminhados para o transporte regular.

A fiscalização da ANTT alerta para o perigo de viajar em veículos sem autorização considerados ‘’clandestinos’’, e ressalta que ‘’ofertas, sejam por aplicativos, Internet ou quaisquer outros meios podem ser verificadas na ouvidoria da ANTT quanto a sua legalidade’’.

Para denúncias ou dúvidas sobre a legalidade do transportador podem ser utilizados os canais da Ouvidoria:

Whatsapp (61) 99688-4306; telefone 166 (24 horas); e o e-mail ouvidoria@antt.gov.br

Operação Pascal em Campos dos Goytacazes (RJ):

Em continuação a operação Pascal no Rio de Janeiro, ANTT apreende mais três veículos na tarde deste sábado (23)

ANTT apreende ônibus e van por transporte clandestino em Campos dos Goytacazes, no Rio

ANTT apreende três ônibus a serviço da Buser em Campos dos Goytacazes (RJ)

Imagens da apreensão desse domingo (24):


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Alfredo disse:

    Parabéns a ANTT, que deem multas bem caras em quem insiste nesta ilegalidade

  2. DIEGO disse:

    Parabéns a ANTT por coibir e impedir quem quer fazer linha fora da linha.

Deixe uma resposta