Vinhedo (SP) aplica advertência formal à Rápido Sumaré

Foto: Lucas Targino de Carvalho / Ônibus Brasil

Prefeitura alega que empresa de ônibus, que venceu a licitação em maio de 2020, descumpriu termo ajustado com a administração municipal

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura de Vinhedo, interior de São Paulo, aplicou penalidade administrativa de advertência formal à empresa Rápido Sumaré, empresa do Grupo Belarmino vencedora da licitação do transporte coletivo municipal em maio de 2020.

A punição administrativa foi publicada no Diário Oficial do Estado desta terça-feira, 19 de janeiro de 2021.

A prefeitura afirma que a Rápido Sumaré descumpriu “os compromissos assumidos junto ao termo ajustado com esta Administração”, e a assessoria jurídica do município sugeriu a aplicação da penalidade administrativa de advertência.

A Administração Municipal cita ainda “a inércia da empresa apenada quanto à apresentação de defesa prévia, quando da intimação”, o que levou o prefeito Dario Pacheco a aplicar a penalidade administrativa de advertência formal, com fundamento no Contrato de Concessão Pública.

LICITAÇÃO

Como mostrou o Diário do Transporte, no dia 29 de maio de 2020 a Comissão Municipal de Licitações da prefeitura de Vinhedo declarou a empresa Rápido Sumaré Ltda  como primeira e única classificada no certame, por ter ofertado a menor tarifa de remuneração no valor de R$ 5,80. Relembre: Rápido Sumaré vence concorrência do transporte público em Vinhedo

O transporte local era atendido pela Rápido Luxo Campinas, também do Grupo Belarmino, há vinte anos.

A Rápido Sumaré atua no transporte de várias cidades da região de Campinas, como Nova Odessa e Várzea Paulista, além de atuar no transporte intermunicipal.

Como mostrou o Diário do Transporte, a prefeitura relançou a licitação do transporte público coletivo em março deste ano. Foi a segunda versão do Edital. Relembre: Vinhedo relança licitação para concessão do transporte público

Lançado primeiramente no início de outubro de 2019, a concessão envolve, além da operação do sistema de transporte coletivo, “as funções de construção, ampliação da capacidade, implantação de melhorias, operação, manutenção e conservação da infraestrutura implantada, conforme especificações do edital e seus anexos”.

A Rápido Sumaré assumiu o transporte coletivo de Vinhedo somente no dia 23 de agosto de 2020.

Nas redes sociais o prefeito na época, Jaime Cruz, escreveu:

A partir deste dia 23 de agosto, Vinhedo vai contar com a nova frota de ônibus. É novo sistema de transporte público na cidade de Vinhedo. Todos os ônibus estão equipados com Wi-Fi, ar-condicionado, com acessibilidade e com câmeras de monitoramento e segurança. A nossa central de transporte vai acompanhar o veículo online você cidadão de Vinhedo vai baixar o aplicativo e vai acompanhar através do seu celular, aonde o ônibus está e a que horas vai chegar ao seu ponto. E mais, vamos implantar o tão sonhado e esperado Bilhete Único, onde você poderá se deslocar por vários lugares da cidade pagando apenas uma única tarifa”.


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Informe Publicitário
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

  1. Marco Antônio da Silva disse:

    Eu não entendi qual foi o motivo da multa?

  2. Mauro Sérgio dos Santos disse:

    Para mim deveria romper o contrato e abrir nova licitação mas dessa vez com empresas que não pertencem a rápido luxo ou que tenha ligação com o grupo Belarmindo pois só assim o transporte pode realmente melhorar para a população de vinhedo.Para mim houve pagamento de propina pela rápido luxo com certeza.

Deixe uma resposta