Agetransp autoriza aumento da tarifa da SuperVia para R$ 5,90 e reajusta passagens das Barcas

Foto: Divulgação Agetransp

Novos valores começam a ser cobrados em fevereiro de 2021

WILLIAN MOREIRA

A Agetransp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro) aprovou aumento das passagens dos trens urbanos e do sistema de Barcas do Rio de Janeiro, transporte aquaviário.

No sistema de trens operado pela concessionária SuperVia, ficou autorizado a cobrança de R$ 5,90 a partir de 2 de fevereiro de 2021, um reajuste de 25% em relação ao valor atual de R$ 4,70.

A Agência reguladora, no entanto, reconheceu que o aumento foi elevado e recomendou ao Governo do Estado do Rio de Janeiro que analise soluções para minimizar os impactos aos usuários, como a criação de tarifa social ou até mesmo de algum subsídio.

Recomendas ao Poder Concedente … avalie soluções efetivas que possam minimizar os problemas decorrentes da aplicação do reajuste, sabidamente agravados pela crise causada pela pandemia do coronavírus, como, por exemplo, pela sua discricionariedade, negociar com a Concessionária a viabilidade da implantação de uma tarifa ferroviária social, na forma da Lei Estadual nº 6.700, de 06 de março de 2014, proporcionar subsídio ou qualquer outra fórmula de compensação.”

Já no sistema de Barcas, o transporte aquaviário, a Agetransp autorizou o reajuste para R$ 6,90 a partir de 12 de fevereiro de 2021, válido por um ano.

Novos valores também foram definidos para as linhas turística e a seletiva, com a Divisão Sul passando para R$ 18,40 e a linha Charitas para R$ 19.


Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Carlos disse:

    Após aprovação, teremos demissão em massa, Podem aguardar as consequências.

  2. Mário disse:

    Muito palavrão, refazer o comentário

Deixe uma resposta