Suécia compra 112 ônibus movidos a HVO da Daimler Buses

Fonte: Divulgação

Empresa Mohlins Bussar foi a responsável pelo maior pedido do país para o Grupo Daimler: 106 Mercedes-Benz Intouro e seis unidades Setra S 416 LE MultiClass

ALEXANDRE PELEGI

O HVO (Hydrogenated Vegetable Oil, ou Óleo Vegetal Hidrotratado), biocombustível de segunda geração que reduz a emissão de gás carbônico, contribuindo para a qualidade do ar e para a preservação ambiental, já é realidade na Europa há tempos.

Prova disso é a recente venda da Daimler Buses de 112 ônibus para a empresa sueca Mohlins Bussar, o maior pedido que a Companhia recebeu do país.

São 106 unidades do Mercedes-Benz Intouro e seis modelos Setra S 416 LE MultiClass.

Os veículos, com previsão de entrarem em operação a partir de janeiro de 2021, são destinados ao transporte escolar e intermunicipal na região norte de Estocolmo.

No Brasil, em entrevista coletiva em outubro de 2019, o diretor geral de ônibus América Latina da Mercedes-Benz, Sérgio Magalhães, fez a previsão de que o HVO pode já estar abastecendo ônibus e caminhões no Brasil em três anos após a regularização. Ou seja, aqui o combustível pode demorar para se tornar comercialmente viável. Relembre:

HVO pode estar em tanques dos ônibus em três anos após regulamentação, diz diretor da Mercedes-Benz

Outra vantagem do HVO é que o combustível pode ser usado em ônibus de qualquer ano de fabricação. Assim, até mesmo um modelo mais velho poderia trazer vantagens ambientais.

MODELOS

Os modelos Intouro e Setra possuem em comum o distanciamento de 710 mm entre as poltronas, cintos de segurança de três pontos e câmera de ré.

Ambos contam com o motor Mercedes-Benz de 299 cv de potência e transmissão totalmente automatizada.

O Intouro traz um elevador para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida. Já o ônibus rodoviário Setra disponibiliza entrada baixa com rampa dobrável para cadeiras de rodas na porta traseira, o que facilita o embarque e desembarque de passageiros.

CLIENTE TRADICIONAL

A Mohlins Bussar é uma cliente tradicional do Grupo Daimler. Possui uma frota de 160 ônibus, dos quais cerca de metade são da marca Mercedes-Benz.

A empresa sueca expande agora seus negócios para o transporte intermunicipal. “Começar uma nova linha nestes tempos de pandemia foi uma experiência nova para nós. As entregas de veículos foram um grande desafio, mas a Daimler Buses conseguiu reagir e entregou no prazo“, afirma Robert Mohlin, CEO da Mohlins Bussar.

A Daimler Buses é líder de mercado na Suécia no segmento acima de oito toneladas de PBT há vários anos. A empresa é considerada a número 1 em ônibus com as marcas Mercedes-Benz e Setra.

Para o CEO da EvoBus no país, o executivo Ergiz Esen, a chave para um relacionamento tão duradouro e bem-sucedido com as empresas consiste não apenas na qualidade dos produtos, mas também nos serviços de pós-venda. “Estamos sempre à disposição de nossos clientes quando eles precisam, oferecendo as melhores soluções de acordo com as suas demandas e necessidades“.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta