Cascavel (PR) tem greve do transporte coletivo encerrada após dois meses

Tribunal atendeu às reivindicações da categoria

WILLIAN MOREIRA

Após dois meses, a greve do transporte coletivo na cidade paranaense de Cascavel foi encerrada nesta sexta-feira, 18 de dezembro de 2020, após decisão da Justiça.

O TRT (Tribunal Regional do Trabalho) decidiu a favor dos pedidos da categoria e determinou o fim da paralisação com o retorno de 100% da frota às ruas.

Era pedido pelos trabalhadores um reajuste de 2,55% e pagamento do vale-transporte.

O TRT determinou um reajuste no vale-alimentação de R$ 10, chegando aos R$ 310 por mês e estipulou uma multa de R$ 70 mil por dia para as empresas, caso não for cumprida a decisão.

As empresas que atuam em Cascavel alegaram que vão recorrer da decisão do Tribunal, mas devido ao recesso do judiciário que se inicia no sábado (19), apenas no começo de janeiro que tal ação poderá ser feita.

A greve havia começado em 13 de outubro, com operação parcial dos coletivos, poucos dias depois do término de outra paralisação.

Desde então, era reivindicado reajustes no vale-alimentação e um pequeno aumento salarial.

Relembre:

Greve de ônibus em Cascavel é retomada com frota parcial nas ruas

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta