Com início do BRT, ônibus da empresa Rosa, em Feira de Santana (BA), passam por adequações técnicas

Atendimento aos passageiros pelo SIT (Sistema Integrado de Transporte) e pelo BRT segue normal. Foto: Divulgação / Prefeitura.

Veículos serão modificados para novo modelo de embarque e desembarque

WILLIAN MOREIRA

Tendo em vista a fase experimental de operação do BRT (Bus Rapid Transit) em Feira de Santana, na Bahia, dez ônibus da empresa Rosa estão passando por adequações técnicas.

Os veículos operam no transporte coletivo municipal. As mudanças foram divulgadas pela SMTT (Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito) nesta terça-feira, 15 de dezembro de 2020.

Segundo a Prefeitura, os veículos estão passando por adequações técnicas na garagem da empresa, no município de Vitória da Conquista.

“O deslocamento dos veículos foi devidamente comunicado pela concessionária por meio de ofício (n° 463/2020), no dia 1º de dezembro, devido à necessidade de adaptação de parte da frota para ficar compatível com a operação técnica no embarque e desembarque nas novas estações do sistema de transporte BRT, implementado recentemente pela Prefeitura”, informou a Prefeitura, em nota.

A SMTT esclareceu que o atendimento aos passageiros pelo SIT (Sistema Integrado de Transporte) e pelo BRT segue normal, “sem nenhum impacto nos horários e na frequência durante circulação pelos pontos de ônibus”.

A fase de testes do BRT de Feira de Santana teve início em 20 de outubro de 2020. A tarifa é cobrada no valor de R$ 3,80 com o Cartão Via Feira ou R$ 4,15 se for em dinheiro.

Relembre:

BRT de Feira de Santana (BA) inicia operação com cobrança de tarifa devido à legislação eleitoral

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta