VÍDEO: Ônibus da Litoral Sul não circulam em Itanhém (SP) por falta de combustível e prefeito fala em terminar contrato

Prefeito Marco Aurélio diz que novo contrato pode ser assinado

Viação alega custo e déficit operacional e diz que quer resolver impasse

ADAMO BAZANI

Passageiros de ônibus em Itanhaém, no litoral paulista, ficaram sem transporte nesta terça-feira, 01º de dezembro de 2020.

De acordo com o Sindrod (Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Santos e Região), os ônibus não saíram da garagem por falta de combustível.

A empresa Litoral Sul tem registrado diversos problemas, inclusive com sucessivas greves de funcionários por atrasos nos salários e benefícios.

Na última semana, a empresa chegou a apresentar uma nova diretoria com outra proposta de serviço.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/11/27/litoral-sul-tem-nova-diretoria-em-itanhaem-sp/

Mas diante do quadro de hoje, o prefeito Marco Aurélio disse em redes sociais oficiais que os procuradores do município trabalham para uma eventual caducidade do contrato.

O chefe do executivo municipal disse ainda que a prefeitura avalia o novo quadro de direção da empresa.

“Além disso, tivemos conhecimento que pessoas que supostamente estariam entrando na direção da empresa, estariam sendo investigadas pela Polícia Civil por suposto envolvimento no crime organizado. Tais fatos são inadmissíveis e nós aguardamos nos próximos dias o parecer conclusivo da comissão constituída por procuradores municipais em relação à caducidade do contrato”, disse o prefeito.

OUTRO LADO

O Diário do Transporte não conseguiu contato com a empresa, mas em nota à TV Tribuna e ao G1 Santos e Região, a Litoral Sul disse que sua atuação desde o início da pandemia era discutida com a Prefeitura, inclusive por meio de ações e acordos judiciais, “sendo de total conhecimento da administração municipal o custo e o déficit operacional do serviço”.

A companhia disse ainda que já tomou as providências cabíveis – tanto na esfera administrativa quanto judicial – e continua trabalhando para que a situação seja saneada e solucionada em relação aos fornecedores e funcionários.

A Litoral Sul também informou ainda que, até o momento, não recebeu resposta efetiva, tanto da administração municipal, quanto do Judiciário.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Heloísa aparecida Simplício disse:

    Acho uma falta de respeito com nos cidadãos de Itanhaém,param e quando volta demora muito a gente fica horas esperando.

  2. VITOR CORREIA disse:

    Enquanto não há transporte público , continua vans e carros particulares a fazerem o transporte público em substituição aos ônibus da litoral sul.. E fácil criticar a empresa ,mas ao analisarmos o problema a fundo veremos que a empresa tem razão.

  3. Afonso disse:

    Essa prefeitura de Itanhaém está de brincadeira, não temos nem ruas é avenidas para em condições para o transporte público,os ônibus sucateados e a população sofrendo, acorda prefeitura de Itanhaém a cidade está largada.

Deixe uma resposta