Confira os planos para a mobilidade de Bruno Covas e Guilherme Boulos para a cidade de São Paulo

Ônibus urbano na capital paulista

Covas destaca corredores de ônibus na zona Leste e transporte urbano aquático, entre outros pontos; já Boulos enfatiza articular com outros prefeitos e governo do Estado a criação de uma autoridade metropolitana de transportes e implantar a tarifa zero

ADAMO BAZANI

Bruno Covas e Guilherme Boulos disputam o segundo turno para a prefeitura da capital paulista com propostas diferentes para a mobilidade urbana.

Candidato à reeleição, Covas promete entregar corredores de ônibus, como na zona Leste, criar o transporte urbano aquático e fazer com que a cidade de São Paulo tenha 650 km de ciclovias, entre outros pontos.

Já Boulos destaca que vai articular com outros prefeitos e governo do Estado a criação de uma autoridade metropolitana de transportes, implementar a Tarifa Zero e concentrar na SPTrans todos os controles do serviço.

Confira na íntegra as propostas de cada um registradas no TSE – Tribunal Superior Eleitoral

Bruno Covas:

Guilherme Boulos:

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. William disse:

    Só uma pergunta…de onde o Boulos tiraria o dinheiro para remunerar as empresas com esta tarifa zero ?

  2. Raphael disse:

    Estou curioso para saber de onde viria o recurso para implementar a tarifa zero. Para todo serviço tem um custo, quanto mais ainda numa grande cidade. Tem coisa nas entrelinhas que está faltando…

  3. Alfredo disse:

    Provavelmente, Boulos vai copiar a Erundina e aumentar o IPTU, colocar mais radares e encher a Sptrans de fiscais, assim, quem não utilizar o ônibus, paga a conta e Ele fica bem com os seus eleitores

Deixe uma resposta