Consórcio Abrigo Inova Poa é primeiro classificado em licitação de paradas de ônibus de Porto Alegre (RS)

Edital contempla dois modelos de abrigo. Foto: Arquivo / Joel Vargas/PMPA.

Proposta foi de 1.507 abrigos, com ágio de 30% em relação à proposta mínima

JESSICA MARQUES

O Consórcio Abrigo Inova Poa, formado pelas empresas Eletromídia e Versat Indústria e Construção, foi o primeiro classificado na licitação das paradas de ônibus de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Com 1.507 abrigos propostos, o consórcio apresentou um ágio de 30% em relação a proposta mínima de 1.144 abrigos.

Segundo a Prefeitura, se o consórcio for declarado vencedor, a quantidade oferecida deverá significar aproximadamente R$ 40 milhões para a instalação, a ser realizada num prazo máximo de 5 anos, e outros cerca de R$ 428 milhões ao longo dos 20 anos de contrato para a operação e manutenção do mobiliário.

O resultado foi publicado em edição extraordinária do Diário Oficial de Porto Alegre, dessa terça-feira, 03 de outubro de 2020. A publicação oficializou a desclassificação do consórcio All Space Abrigos Poa, que na sessão realizada na última sexta-feira apresentou três propostas comerciais distintas em um mesmo envelope. O julgamento seguiu o que está previsto no edital. Os itens 14.2 e 2.12 estabelecem, respectivamente, que cada licitante deveria apresentar apenas uma proposta e que, no caso de divergência entre os documentos impressos e os gravados em meio magnético, prevaleceriam os textos impressos.

Confira:

Por sua vez, a Brasil Outdoor, braço brasileiro da Multinacional Clear Channel, que já detém o contrato de concessão dos relógios digitais do município, é a segunda classificada com a oferta de 1.221 abrigos.

Segundo a Prefeitura, a sessão de abertura dos envelopes de habilitação acontecerá nesta quarta-feira, 4, às 10h, na sala de licitações da Secretaria Municipal da Fazenda.

EDITAL

O edital contempla dois modelos de abrigos: o Tipo A possui quatro assentos e três tomadas USB, e o Tipo B tem três assentos. Ambos terão piso podotátil e espaço para cadeirantes, iluminação artificial por LED, proteções superior e lateral contra ventos e chuvas, informações sobre itinerário, além de três faces publicitárias. O modelo também prevê a instalação de 100 câmeras de monitoramento, que auxiliarão no cercamento eletrônico. De acordo com o regramento do edital, a proposta do consórcio Inova Poa, se vencedora, irá possibilitar a instalação de 186 painéis informando a chegada dos ônibus.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. José Roberto Isoppo disse:

    Dobramos tubos para paradas de ônibus

Deixe uma resposta