Mogi das Cruzes assina contrato para implantação de 127 abrigos de ônibus

Prefeitura de Mogi planeja a instalação de 513 novos abrigos

Empresa vencedora da licitação apresentou menor preço, no valor de R$ 507 mil, quase metade do valor máximo estipulado em R$ 1,18 milhão

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura de Mogi das Cruzes, município da Região Metropolitana de São Paulo, publicou na edição do Diário Oficial do estado deste sábado, 24 de outubro de 2020, a contratação da empresa GP Mobiliário Sustentável e Urbanização Ltda, vencedora da licitação destinada à fabricação e instalação de 127 abrigos de ônibus no município.

A empresa ofereceu o menor valor na Tomada de Preços, R$ 507 mil, que representa a metade do valor máximo estipulado pela prefeitura para a execução das obras e serviços, que foi de R$ 1.177.585,91.

Em segundo lugar ficaram classificadas duas empresas, que apresentaram propostas de valores maiores:

2º lugar: KG2 ENGENHARIA LTDA, valor global de R$ 847.862,16; e

3º lugar: MOBOUT CONSTRUÇÕES E COMÉRCIO LTDA, valor global de R$ 965.620,37.

O prazo de contrato será de 12 meses, podendo ser renovado por igual período, até o limite de 60 meses, nos termos da Lei Federal 8.666, de 21 de junho de 1993.



Os abrigos deverão ser feitos em formato modular, com as seguintes dimensões:

Comprimento: 3 metros

Largura: 1,5 metro

Altura: 2,4 metros

Deverão ser fabricados em formato monobloco (uma única peça para toda a cobertura do abrigo), com as seguintes características:

Construção em fiberglass (plástico reforçado com fibra de vidro), com espessura de 4 mm, em até 3 cores a serem definidas pela prefeitura.

Deverá conter ainda uma estrutura de chapa e quatro tubos redondos soldados nas extremidades formando um único corpo, tornando a estrutura do abrigo um conjunto sólido e rígido.

As chapas deverão ser em aço 1020 com 3 mm de espessura (parte da estrutura interna do monobloco) e soldadas com os tubos de 31,75 mm de diâmetro com parede de 3 mm.

A fixação do monobloco na estrutura será por meio de 4 parafusos zincados.

PREFEITURA PLANEJA INSTALAR  513 NOVOS ABRIGOS

A Prefeitura de Mogi planeja a instalação de 513 novos abrigos em paradas de ônibus, distribuídos por todas as regiões da cidade.

Os 127 abrigos já licitados sairão por um valor metade do previsto, após a licitação vencida pela empresa GP Mobiliário Sustentável e Urbanização.

Os outros 368 abrigos estão em fase de aprovação. Estes têm acabamento diferenciado, com painéis fotovoltaicos, fechamento lateral, iluminação em led, sistema de recarga para celulares, local para pessoas com deficiência, piso podotátil e informações aos usuários sobre as linhas e horários. O custo será de R$ 6,7 milhões, ou R$ 17.357,51 por cada abrigo.

Os projetos desses 368 novos abrigos já foram aprovados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, e agora está senmdo analisado pela Caixa Econômica Federal, que financiará as obras.


SISTEMA DE TRANSPORTE DE MOGI

O sistema de transporte coletivo de Mogi das Cruzes, cidade do Alto Tietê com 450 mil habitantes, é operado atualmente pelas concessionárias CS Brasil e Princesa do Norte.

O sistema possui ao todo 247 ônibus, que circulam por 85 linhas.

Antes da pandemia, as empresas realizavam 3.672 partidas diárias, tendo transportado em 2019 cerca de 39,5 milhões de passageiros.



Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Esse desenho, abaixo, já existia..lembro bem deles ali na Av. Japão,,,,

Deixe uma resposta