Diário no Sul

Prefeito de Cachoeira do Sul dá mais tempo para a TNSG apresentar ônibus para vistoria

Ônibus da TNSG, que opera o transporte na cidade há 66 anos sem licitação. Foto: Rainer Schumacher

Por outro lado, a Procuradoria Jurídica da Prefeitura estuda ingressar com ação judicial contra a concessionária do transporte local

ALEXANDRE PELEGI

Segue confusa a situação do processo de vistoria dos ônibus da empresa de transporte Nossa Senhora das Graças (TNSG), concessionária do transporte coletivo de Cachoeira do Sul, cidade do interior do Rio Grande do Sul com mais de 80 mil habitantes.

A disputa entre a prefeitura do município e a empresa vem desde o final de 2019, quando a prefeitura contratou o engenheiro Robison Weber para realizar a vistoria nos ônibus da frota da empresa, após uma série de problemas mecânicos.

Como mostrou o Diário do Transporte, a TNSG, após contratar a empresa Preveisul para a mesma finalidade, começou a contestar os laudos apresentados pela prefeitura.

Recentemente, a TNSG deixou de apresentar os ônibus para a checagem semestral realizada pela prefeitura, o que está causando uma queda de braço com a administração municipal.

Segundo matéria do Jornal do Povo, dos 34 veículos da TNSG, apenas 10 foram aprovados pelo engenheiro contratado pela Prefeitura. A vistoria de metade dos outros 24 ônibus está com prazo vencido, sendo que os demais foram reprovados.

Enquanto o prefeito Sérgio Ghignatti decidiu “dar mais um tempo” para que a empresa leve seus ônibus para a vistoria, a Procuradoria Jurídica da Prefeitura estuda a possibilidade de ingressar com uma ação judicial para tentar obrigar a TNSG a fazer isso.

SITUAÇÃO

A Transporte Nossa Senhora das Graças opera o transporte na cidade há 66 anos sem licitação.

O Ministério Público vem acompanhando os graves problemas da empresa, origem de uma ação civil pública que tramita desde 1999.

Uma decisão judicial do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, inclusive, determinou a abertura de processo licitatório.

Como mostrou o Diário do Transporte, a prefeitura publicou aviso de licitação no Diário Oficial da União do dia 1º de novembro, marcando a sessão pública para abertura de propostas para 09 de dezembro. Relembre: Prefeitura de Cachoeira do Sul (RS) publica edital do transporte público

A concorrência, no entanto, foi suspensa por liminar obtida pela Transporte Nossa Senhora das Graças junto ao Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul. O processo está paralisado.

Na primeira rodada de vistoria, em janeiro de 2020, constatou-se que 12 ônibus da frota da TNSG estavam sem condições de circular, o que causou a diminuição de linhas e horários, prejudicando o atendimento da cidade.

Com a pandemia, a frota reduzida tem sido suficiente, mas a qualidade dos ônibus tem sido avaliada de perto pela empresa contratada pela prefeitura.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta