Cascavel (PR) pode ter nova greve de ônibus no início de outubro

Prefeitura luta por subsídio ao transporte junto ao TC do PR.

Profissionais querem conclusão das negociações do acordo coletivo. Antes da pandemia, cidade já havia enfrentado uma paralisação

ADAMO BAZANI

Passageiros do transporte coletivo de Cascavel (PR) podem enfrentar uma nova greve de ônibus.

Em assembleia realizada pelo o Sinttracovel (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Coletivo Urbano Fretamento Escolar Rural de Cascavel), os profissionais decidiram na manhã desta quinta-feira, 24 de setembro de 2020, indicativo de greve e que podem paralisar as atividades a partir de 05 de outubro.

A categoria pede que sejam concluídas as negociações do Acordo Coletivo referente ainda à data-base de 2019.

O prazo dado pelo sindicato para esta conclusão é 01º de outubro de 2020. A paralisação ocorreria no dia 05, que cai numa segunda-feira, para respeitar a legislação que determina 72 horas de aviso formal de antecedência em caso de greves de categorias de serviços essenciais.

Além disso, a liberação de um subsídio ao sistema de transportes que a prefeitura pode realizar no início de outubro deve equilibrar as finanças do setor e, assim, ao menos parte das reivindicações dos trabalhadores ser atendida.

Como mostrou o Diário do Transporte, em março os motoristas cruzaram os braços, mas no dia 17 daquele mês, o sindicato, que representa os trabalhadores da categoria, decidiu suspender a mobilização em função da necessidade de prevenção do contágio do novo coronavírus.

Na ocasião, os trabalhadores pediam reajuste de 33% no Vale-Alimentação, que foi negado pelas empresas que operam na cidade e correção dos índices inflacionários.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/03/17/sindicato-suspende-greve-do-transporte-coletivo-em-cascavel/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta para Vinícius Vi Cancelar resposta